07
julho
2014

Comer maçã dá fome

Postado por Ana em Dieta, Saúde

Uma mosquinha chamada Phaltaridae de vontadis de postar me picou! 🙂 E olha que tô cheia de produtos novos testados! ://

macafome1

Bom, mas tenho que dividir uma curiosidade com quem não sabe! Eu já falei aqui algumas vezes que comer maçã é um hábito que eu tenho, por ser ela uma fruta bem prática e saudável. Como de várias formas, seja após o café-da-manhã, como sobremesa, junto com lanche, etc. Até aí nada demais. O problema é quando eu resolvo perder alguns quilinhos e começo a usar maçã isolada como lanche intermediário. Andei uns dias sem correr por dores no tornozelo e ando comendo muita porcaria – resultado disso são uns quilinhos a mais. E sempre que eu como maçã assim (há séculos, tipo, desde adolescente), eu estava reparando que me dava uma fome danada! Ficava doida: como assim tô comendo e ficando com MAIS fome? Eu achava que era psicológico (aka gula) e deixava pra lá, mas começou a ficar um fato tão gritante que eu dei um google e..
macafome

Não é que não é só comigo que acontece?

As possíveis justificativas? (Não tô afirmando 100%, porque não sou nutricionista!)

1) Maçã é ácida, estimula produção de ácido gástrico, que a digere rapidamente e dá fome
2) Tem ácido málico, que envia um sinal para o hipotálamo que dá fome. Eu nunca nem ouvi falar nesse ácido, mas como eu começo a sentir muita fome já na primeira mordida, só pode ser uma coisa neuromediada mesmo. Isso também pode ser explicado por ele ser adstringente. Como ele também está presente na pêra (nunca como), imagino que pêra também nos dê fome.
3) Maçã, por ser carboidrato de rápida absorção, leva a um pico de insulina, que dá fome. Maaas, com certeza não é só isso, porque a melancia tem um índice glicêmico muito maior e não me dá fome alguma quando como.
4) Gastaríamos mais calorias para digerir a maçã do que as calorias que ela tem (alimento com “caloria negativa“).

A recomendação é para que, se consumir como lanche intermediário, nunca seja sozinha. Não é para abandonar a maçã, que é um super alimento. Vale acrescentar um iogurte, queijinho, castanhas ou alguma outra fonte de proteína, gordura e/ou fibras. Eu tenho comido com uma torradinha de gergelim com queijo feta!

amigosdamaca

E pronto! Continua um lanche pequeno, e mata minha fome em vez de atiçá-la ainda mais! 🙂 Acho que agora minha dieta vai ficar mais fácil. Só lembrando que minha “dieta” sofre pausa em todos os jogos da copa, haha.

Não posso jurar que isso seja um fato exato, ou que seja verdade para todas. Mas posso afirmar sim, que em MIM, maçã sozinha dá fome. Uma fome de leão!

Ps: nutricionistas fiquem livres para dar opiniões sobre o fato! 🙂

Beijos!

18
junho
2014

Dica: biscoito de arroz integral

Postado por Ana em Dicas, Dieta

Já faz anos que tenho o hábito de comer de 3 em 3 horas. Todas sabemos que é mais saudável e ajuda a controlar impulsos comilões (prato de pedreiro nas refeições principais) mas para mim nem opção é. Eu MORRO de fome após três horas e começo até a tremer. 🙁 Por isso, pra mim, lanche intermediário é obrigatório! Até há algum tempo eram só barrinha de cereal ou maçã mais ou menos Polenguinho (aqui substituo com uma fatia de queijo Feta, que amo e me lembra queijjjj minssss).

reis2

Em BH minha irmã sempre compra essas bolachas de arroz no Mundo Diet e de início eu achava uó, sem gosto de nada. Até que experimentei com geléia e gamei! Fica um gostinho de pipoca-guri!

reis

Tenho comprado pacotes de “Reis Waffeln” (bolacha/biscoito de arroz) desde que me mudei para cá, (ou então versões quase idênticas de milho/arroz) e dá para comer com o que a imaginação mandar, mas eu acho que combina mais com complementos doces! Idéias: geléias variadas, Nutella, mel ! Eu adoro com geléia de morango e essa geléia africana com pedacinhos de laranja:

reis3

Deixo na caixa de pão para ficar fresquinho e crocante e a validade é muito maior do que fatias de pão de forma, por exemplo. É um petisco rico em fibras, livre de glúten (não que eu ligue), aromatizantes, conservante etc!

E a novidade é que um dia tava com a barriga roncando e com preguiça de abrir a geladeira para passar geléia (SIM, olha o nível de preguiça) e comi a bolacha pura. Não é que comecei a achar “comível” pura também? Acostumei com o gosto (ou falta dele). Não é tão gostoso e necessita até de um pouco de costume, mas sem os complementos doces é uma versão ainda mais light e dieta-amigável!

Fica a dica de um lanchinho intermediário saudável! 😉

Beijos!

13
junho
2014

Dica: bastão protetor de pés

Postado por Ana em Pés

Não estou descobrindo a América, mas pra quem não conhece ainda, eis uma dica maravilhosa! Já reclamei mil vezes aqui no blog do meu pé gordo, o que vive me rendendo machucados. Porque o tamanho é de 35 e a largura de 36. No último ano insisti em comprar vários sapatos tamanho 35, porque os maiores não apertam mas ficam escapando quando ando, sabe? Um saco! Então meus sapatos novos só ficam bons depois de ceder e me machucar horrores durante o processo.

compeed1

Já tinha ouvido falar nesses bastões que parecem cola pritt e funcionam como curativos transparentes pro pé. A idéia é proteger, não adianta colocar depois que já machucou! Cheguei a comprar um da Band-Aid no ebay, 5 dólares, mas o diabo foi taxado e estavam me cobrando tipo 10x esse valor então nem fui buscar. Pesquisei e vi que várias marcas têm bastões assim, inclusive a Avon, mas não testei outros, tá?

Quando vi que a minha marca favorita de curativos para o pé (Compeed) tem um bastão desses, não pensei duas vezes e comprei. Estava com um sapato aqui abandonado porque ele é novinho, não cedeu nadinha e tava apertando o calcanhar. Passei o bastão e saí de casa a pé. E voltei com meu pé inteirinho, nem acreditei. Daí usei algumas vezes e o sapato já cedeu e está confortável, sem ter judiado do meu pezinho. Ele é completamente transparente, e o bastão pequeno, gosto de levar na bolsa. Mas já adianto que se for daqueles sapatos horrendos, ele não vai fazer milagre, sabe? É mais pra prevenir aqueles machucados que se formam após váaaaarias passadas friccionando o mesmo lugar.

compeed2

E para quem já estiver com machucado no pé e não quer perder a viagem, recomendo os curativos da Compeed. Inclusive conheci a marca quando estava miando de dor com um machucado no calcanhar em Lisboa. Entrei na farmácia, comprei e ele salvou minha viagem! Ele dá uma pequena tratada nos machucados, sabe? E ainda protege.

A Compeed vende na Europa toda (tanto o bastão quando o curativo custam +/- 5 euros) e na internet, tipo aqui no Ebay!

Beijos, infelizmente sem jabá da Compeed.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 12 de 45891011121314151617