16
outubro
2014

Sobre câncer de mama

Postado por Ana em Saúde

Puxa, a última vez que falei de câncer de mama aqui no blog foi em 2012! Aproveitando que estamos no mês de outubro, resolvi falar de novo! Gravei um vídeo em que bato um papinho sobre o câncer que mais mata mulheres no mundo. E conto também um pouquinho da minha história e por quê é tão importante para mim discutir sobre este tema.

O thumbnail e a imagem congelada não querem mudar de jeito nenhum. haha… Muito difícil fazer vídeo. Eu gravo, vou ver e tem meia hora, tenho que sair cortando tudo, aff. 🙁 Mas com o tempo eu aprendo!

Ler também: Rastreando o câncer de mama: auto-exame e mais!

Tem tanta doença que a ciência ainda não resolve ou não nos dá a oportunidade de diagnosticar no início. Se existe a chance de fazer diagnóstico precoce, não vamos comer esta mosca!

Beijos PINK!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Isa 16/10/2014 às 20:12

    Ana, um post bem sério esse, mas parabéns, pois realmente é um assunto importante, e obrigada por dividir mais um pouco da tua vida com a gente. Acho que quando doamos um pouco de nós no discurso também ajuda a tocar os outros.

    Espero que realmente cada vez mais mulheres se conscientizem e certamente tu nos lembrou da importância do assunto 🙂

    • Ana 17/10/2014 às 05:15

      Minha intenção é unicamente esta, de despertar a atenção das pessoas; 😉 Bjim!

  2. Aline 16/10/2014 às 21:10

    Muito bacana esse vídeo. Por mim, não era nem para ter feitos os cortes… Fiquei curiosa para ver a íntegra.
    O assunto é super importante e vc tem dois fatores que fazem sua fala chamar mais atenção: ser médica e ter uma experiência pessoal sobre o assunto. Sei que não deve ser fácil expor o que houve com sua mãe, mas acho importante para mostrar que, infelizmente, é algo concreto, que pode acontecer com qualquer um e qualquer família.

    • Ana 17/10/2014 às 05:13

      Qdo eu vi eu estava até falando de detalhe ténico de exame, explicando mamografia, ultrassom hahhaha daí ninguém ia querer ver;
      Em relaçao à história da minha mãe na verdade hoje em dia eu tenho zero problemas em falar sobre, era difícil qdo eu era criança.
      Bjim!

  3. Ana Lu 16/10/2014 às 23:28

    Top lindo o vídeo!

    • Ana 17/10/2014 às 05:11

      obrigada! =**

  4. Marcela 17/10/2014 às 06:19

    Ana, antes queria dizer que você é do jeito que eu tinha imaginado, uma fofa! Sinto muito pelo o que aconteceu com sua mãe, mas acho importante você citar o que aconteceu na sua família para despertar a atenção das pessoas, pelo menos conseguiu despertar a minha.

    Você fala super bem, já deu muitas entrevistas na televisão? Sério, acho que você tem dom para fazer vídeos, você podia fazer mais. Fica a ideia 🙂

    beijos

    • Ana 17/10/2014 às 06:51

      Oi Marcela! que generosidade a sua 🙂 ontem mesmo eu reclamei com meu marido da minha total falta de dom midiático, rs! Eu esqueço toda hora de olhar para a lente, mas acho que é treino mesmo. Tem blogueira que fala super bem em vídeo hoje em dia que você vê os primeiros e nem acredita. Há esperança, haha! Eu quero sim fazer mais vídeos, o que me segura é que eles são muito mais trabalhosos e eu ando meio apertada. :(((( Bjos!

  5. Lissie 17/10/2014 às 08:28

    ¡Gosteiiii!! :)Obrigada.

    • Ana 17/10/2014 às 09:32

      <3

  6. Kaka Gualberto 17/10/2014 às 09:12

    Que lindooooo, os vídeos fazem a gente se sentir mais próxima, adorei!
    E o tema importantíssimo e sua atitude, linda!

    • Ana 17/10/2014 às 09:33

      obrigada Kaka!!
      Ps: volta com o blog, hahaha como vou ver as fotos do seu casório? 🙁

  7. Luciana Vilela 17/10/2014 às 10:57

    Ana, vc fala com propriedade, é outra coisa ver uma médica falando sobre o assunto. Adoro seus vídeos! Beijos

    • Ana 17/10/2014 às 11:21

      oi Lu!! Que bom que gostou! ;))) Vou ficando encorajada a gravar mais, de preferencia uns menos sérios haha bjo

  8. Elisa 17/10/2014 às 14:31

    Gostei muito do vídeo, você fala muito bem e o tema é super importante!
    Sou uma das que sabe da importância dos exames periódicos mas que sempre deixa para depois… vou ficar mais atenta a isso agora.
    Beijos

    • Ana 17/10/2014 às 15:07

      É porque a vida às vezes fica tão corrida que a gente fica deixando essas coisas pra depois, né? Lembro de uma vez que o ortopedista me prescreveu fisioterapia e eu não fiz porque simplesmente não tinha nenhum horário livre na semana… :(((

  9. Tami 17/10/2014 às 17:29

    Parabéns Ana pela iniciativa! Você fala super bem e ao contrário do que pensa, tem didática sim..passa a mensagem de forma clara! Sempre frequento seu blog e iria adorar ter mais vídeos seus, seja falando sobre assuntos pertinentes, como também “causos” que vc queira dividir conosco. Abraço!

    • Ana 18/10/2014 às 04:55

      oi Tami!! obrigada pelo carinho! bjo

  10. FERNANDA P 18/10/2014 às 21:40

    Parabéns pelo vídeo, Ana! Faça mais! E parabéns também pelo DIA DO MÉDICO!

    • Ana 19/10/2014 às 05:01

      Obrigada pela lembrança, hehe! Bjo!

  11. Fernanda/PR 19/10/2014 às 01:31

    Ana! Sempre me perguntava se a sua mãe era falecida! Qtos anos vc tinha? A minha mãe faleceu há 9 anos… de um infarto (que agora tbm preciso me cuidar em relação a problemas cardíacos).O vídeo, incitou a minha vontade de já fazer uma mamografia!!
    Abç.

    • Ana 19/10/2014 às 05:00

      Fernanda, tinha acabado de fazer 6 ! Isso aí!! :)) Bjo

  12. Ana 20/10/2014 às 18:39

    Oi Ana, que post bonito! Sinto muito pelo que aconteceu com sua mãe, mas achei linda a sua iniciativa de falar sobre sua história para enfatizar a importância do assunto. Já tinha visto um vídeo seu aqui e de primeira achei que você leva muito jeito, além de que você tem uma voz linda! Sou a favor de mais vídeos da Ana! 😉
    Um beijão
    Ana

    • Ana 21/10/2014 às 04:33

      Oi Ana! Mto obrigada :))) Mas engraçado é que minha voz é muito mais grossa dentro da minha cabeça. Acho que é um problema que todo mundo tem né, de achar que a voz é outra. hahaha Bjo

  13. Lara 21/10/2014 às 16:56

    Esse vídeo foi um ótimo lembrete! Tenho um nódulo no seio e todos os anos faço exames para “monitorar” o monstrinho. Vou lá ligar pro médico! Hehehe! Obrigada! 😉

    • Ana 21/10/2014 às 18:58

      Oi lara! Essas alteracoes benignas sao comuns em mulheres jovens – mas é isso mesmo, mesmo estas tem que acompanhar de tempos em tempos com ultrassom e/ou mamografia. bjos