11
novembro
2012

Fifty Shades of Grey – o que achei

Postado por Ana em Livros

Já que eu perguntei naquele post se a trilogia “Fifty Shades of Grey” valia a pena, é justo eu dar um feedback também, né? Li o e-book mesmo. Resolvi escrever o que achei do primeiro livro, e depois completo o post com os outros dois, ok? Minha “deusa interior/ inner goddess” (expressão favorita da autora, pelo visto) quer me matar por eu nunca ter feito post semelhantes para outros livros, mas vamos lá.

Em relação às personagens principais (possível spoiler):

Mr. Grey: todo mundo ficava falando na minha orelha que queria um Mr. Grey em sua vida, e eu já digo: sai pra lá, Jaburu. O cara é podre de rico, tem a parte mega-sexual, mas convenhamos: é um basket case. E eu nem me refiro ao lado sado-masô da coisa, é todo o resto, ele é muito esquisito. É controlador, stalker e ciumento (odeio). E eu adoro pessoas normais em minha vida, de complicada já basta eu. :laugh: A autora deixa implícitos traumas de infância para a gente sentir pena dele, mas na minha opinião, isso explica mas não justifica. Tem muita gente com infância difícil por aí e nem por isso é assim. Resumindo: não achei o Grey aquela Coca-Cola toda, mas ganhar um Audi de presente até que não seria mau.

Anastasia Steele: como quase toda mulher, é uma chata de galocha (em termos de relacionamento). Ler esse livro me fez pensar no porquê de existirem tantos homens gays no mundo. Mulheres pensam demais, lêem demais nas entrelinhas. As coisas costumam ser mais simples do que parecem e a gente esquece disso. E a Ana se superou, criava picuinha com tudo, complicada demais, vide o que aconteceu no final do livro (confesso, derramei meia lágrima). Pensando bem, eles se merecem. :laugh:

Apesar de discorrer mal-humoradamente sobre os dois, posso dizer que, surpreendentemente: o livro é bom de ler, ele flui, então não me arrependo de ter gasto meus megabytes com ele. Em defesa da autora, se os dois não fossem malucos/complicados ela não teria com o que encher linguiça não-sexual nesse livro. Ele entretém, eu daria de presente a alguém (amigo próximo, né) e até vou ler os outros dois. Por isso mesmo virou um sucesso mundial. Dostoievsky e Guimarães Rosa nunca iriam estourar desse jeito, faz parte. Se você quiser algo para se erudir, está na categoria errada. A leitura é muito fácil, o nível do inglês é muito inferior a infanto-juvenis como Harry Potter (eu amo HP, aliás). A parte erótica me surpreendeu – eu não esperava que fosse tão pesado, nunca tinha lido algo do gênero. Eu adoraria comentar algumas coisas que julgo muito “irreais” dessa parte erótica, mas é tipo da coisa que só comento com minhas amigas. :laugh: Tirando esse conteúdo “adulto”, o livro é de diálogos adolescentes. Me lembrou muito o Diário da Princesa (li a coleção toda). Taí, a melhor definição que consigo encontrar: Diário da Princesa pornô, com o mocinho rico. Vai dar um bom filme, mas tirem as crianças da sala. :OD

E quem será o Christian Grey no cinema, hein? Muito se especula, mas o boato mais forte até agora fala que será o Matt Bomer. Nada mal, hein?

Para ilustrar o que eu disse acima, me falaram nos comentários que esse ator é gay e foi descartado pela diretora porque tem que ser um ator que goste mesmo de mulher. :laugh: O último cotado então é o Ian Somerhalder. E você aí se perguntando o porquê do Gianecchini não sair do armário …

Obs: isso não é um review (nem resumo da história tem), a intenção foi compartilhar o que achei com quem também já leu o livro. 🙂

EDIT 1: Fifty Shades Darker
Achei o segundo livro muito pior que o primeiro. Fiquei mais horrorizada ainda com os dois! Só digo que nenhum sexappeal sobrevive em meio a tanta insegurança e ciúmes, de ambas as partes. Cruz credo! Prefiro ilustrar com passagens:

Isso tudo nuns 15 dias de relacionamento. Senta lá, Cláudia. Lá vai uma dica piegas de auto-ajuda: pessoas, nunca precisem de ninguém. Vocês deixarão de ser atraentes e interessantes no dia que precisarem de outra pessoa. Estar com o outro por opção, para completar a felicidade, isso sim é o verdadeiro amor.

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. ana maria bertelli 11/11/2012 às 09:50

    Ai, Ana, até q enfim um ser de bom senso! Minhas amigas estão me odiando por eu não ter gostado do livro e achado a relação dos dois abusiva e patológica.

    Vc nunca desaponta!!!

    bjosssss

    • Ana 11/11/2012 às 09:56

      @ana maria bertelli, uai, mas eu gostei do livro (três é muito – eu costumo ser muito severa com minha rate de estrelinhas hahaha) , só realmente não sou uma admiradora da personalidade dos dois hehe !! bjs

  2. Fabíola 11/11/2012 às 10:17

    Não tem PDF em português não? Onde vc encontra?
    Saudades de vc… Beijão

    • Ana 11/11/2012 às 10:30

      @Fabíola, deve ter! Joga no google “cinquenta tons de cinza pdf”, uma hora vai! hehe Bjinho fafa

  3. Raquel 11/11/2012 às 10:55

    Descreve bem: Fifty shades of fucked-up-ness! Relação completamente DOENTIA! Não sei quem é pior… Ele, completamente perturbado e pervertido, ou ela, que aceita tudo e depois ainda reclama! Engraçado que tem tanta mulher querendo um cara daquele. Tira o dinheiro dele, deixa só as surras de cinto, o ciúme, o controle, o histórico dele e pergunta de novo se alguém realmente quer. Mulheres: valorizem-se! Vergonha total de vocês!

    • Ana 11/11/2012 às 11:03

      @Raquel, Nelson Rodrigues tem uma resposta ‘ótima pra sua ponderação hahaha

      • Raquel 11/11/2012 às 11:04

        @Ana, hahahaha qual é?

      • Raquel 11/11/2012 às 11:08

        @Ana, credo! sou anormal então 😉 e mesmo para as que gostam, ainda tem o sofrimento emocional/psicológico

      • Raquel 11/11/2012 às 12:37

        @Ana, De qualquer maneira, como leitura até é legal. Só acho nada a ver essa fascinação pelo cara.

  4. Babi Lopes 11/11/2012 às 11:35

    Eu também acabei de ler esses dias, e achei que tirando a pornografia, a história por trás do livro não tem nada demais, é bem simples e é bem previsível, moça normal se apaixona por cara rico. Mas por outro lado achei que a autora descreve bem e de uma maneira universal a maneira que as mulheres se sentem na presença de alguém que é de interesse (butterflies in my tummy feeling). Não é o melhor livro que eu já li na vida, mas é divertidinho de ler.

    Eu li esse livro no indo pro trabalho e na hora de almoço, tive que me virar pra esconder o que eu tava lendo, morria de vergonha! hahahaha

    • Ana 11/11/2012 às 11:45

      @Babi Lopes, vantagem de ler no ipad é essa…. senao todo mundo sabe que vc tá lendo pornografia… kkkk

  5. Debora 11/11/2012 às 13:52

    Ei Ana.. “ganhei” a colecao de presente de um amigo! (pq ele me mandou os 3 livros em pdf por e-mail).
    Ainda nao comecei a ler, mas preciso, todo mundo ta falando tanto…

    • Ana 11/11/2012 às 13:56

      @Debora, sei como eh, ao meu redor tava todo mundo comentando, fiquei me sentindo por fora ! haha

  6. Katherine 11/11/2012 às 15:19

    ana! eu amei os três, li super rápido… você vai entender o pq de tudo ao chegar no terceiro livro… da infância e tudo mais…. não tô gostando disso de que todo mundo tá lendo, eu li há tanto tempo, e virou “febre” no Brasil só agora? hahahaha LANÇOU EM 2011, GENTE! hahaha eu sou americana, moro aqui, minha mae é brasileira, por isso sei português, deve ser por isso… hahaha beijos!

    • Ana 11/11/2012 às 15:24

      @Katherine, eu só ouvi falar há alguns meses… acontece, tem que estourar localmente pra depois expandir ne hehehe Pois é, to curiosa com o que aconteceu com o menino, mas ainda acho que nada justifica… veremos!

      • Katherine 11/11/2012 às 15:51

        @Ana, hahahah eu gostei, for real… e é fanfic de twilight, quem leu a saga quando lê fifty shades sabe o que vai acontecer haha btw, sabia que tem fifty shades of christian? é quando ele chega em casa dos grey! já lançou no brasil?

        • Ana 11/11/2012 às 15:52

          @Katherine, sério? Nao sabia… Fifty Shades of Grey é tipo “Galinha Pintadinha” (conhece) pra adultos… pessoal vê que dá dinheiro e daqui a pouco tem até grife do Mr Grey haha

        • Katherine 11/11/2012 às 15:53

          @Katherine, eu downloaded da internet, minhas amigas disseram que tem no final do terceiro livro, so eu li separado, forget it hahaha ^^

  7. Fernanda/PR 11/11/2012 às 21:03

    Ana! Já li os três livros…
    Gostei… é uma leitura facil, bobinha… rs… Mas achei legal! Nem só de textos técnicos vive uma pessoa!! kkkk
    Com relação ao Matt Bomer (acho que ele é o Christian perfeito!!!) No entanto, é gay, então já descartaram ele… Pois a Diretora do filme já disse que quer um ator que “genuinamente” goste de mulheres… Então estão cotando o Ian Somerhalder!!!

    • Ana 11/11/2012 às 23:29

      @Fernanda/PR, o queeeee? Esse homem eh gay? Cataploft!!! Num to falando q ta tendo homem gay demais?? kkk Eu ate concordo com os produtores, nao seria a mesma coisa assistir hehehe Por isso que ator tem q pensar mil vezes antes de sair do armario. vOu editar amanha!! Agora, ator que goste genuinamente de mulheres… pena que o george clooney ta velho ne!