05
dezembro
2018

Dica: minhas botas de inverno favoritas da vida

Postado por Ana em Moda, Viagens da Ana

Se tem uma coisa que faz MUITA diferença no inverno é quando os pés estão gelados. Você pode estar vestida toda quentinha, mas aquele frio dos pés sobe pelo seu corpo te fazendo um picolé. A minha botinha favorita estragou há uns meses e eu estava já querendo comprar outra, até porque estava com uma viagem de muita “andação” planejada. Essa que eu tinha era uma de qualidade média (não tem marca escrita, paguei uns 70-80 euros no Kaufhof), preta de couro e não-forrada, mas eu coloquei uma daquelas solas térmicas nela e achava bem ok. Não tenho UGG, mas tenho algumas análogas dela (tipo da S. Oliver) , mas não me agrada aquela camurcinha por fora, porque não pode molhar, sabe? A minha bota mais quentinha é de uma marca chamada Cha. Lembro que ela foi mais cara que UGG, paguei há 4 anos uns 300 euros (!!!!) é também toda forrada por dentro e por fora é de couro e a sola de borracha como deve ser. Só acho que ela tem muita cara de inverno tipo “homem das neves” e não gostava de usar em um dia de outono, por exemplo. Não era a melhor para ficar de andação em viagens também. Além do que não a acho mega confortável (pegava um pouco no calcanhar), nem a melhor para usar em dias chuvosos. E mesmo assim, dependendo do dia, sentia sim meu pé ficando gelado por dentro. Ou seja, o custo-benefício certamente não foi bom.

Estava então há umas semanas passeando em Frankfurt , num dia que eu subestimei o frio. Estava uns 13 graus mas a sensação térmica estava bem baixa por causa do vento. E eu com minha botinha da Arezzo, hahaha. Nossa eu estava passeando no centro com a família do marido e fiquei num mau humor só, porque meu corpo inteiro estava congelando por causa dos pés. Queria também uma bota nova pra fazer “turismo urbano“, já que minha favorita tinha quebrado. Meu marido mencionou então uma marca que acho que até já tinha ouvido falar mas que jazia nas profundezas do meu cérebro. Se chama Panama Jack e ele disse que seria a melhor marca de botas de inverno ever. Ali mesmo digitei no google qual loja do centro de Frankfurt vendia, achei umas opções e fui lá ver.

guerreira meio sujinha após uso exclusivo na viagem

Chegando, amei pelo menos uns 5 modelos diferentes, foi até difícil decidir. Várias cores e alturas, mas prefiro aquelas que vão um pouco acima da calça. Elas tinham a sola de borracha, eram de couro e também todas revestidas por dentro. A vendedora me garantiu que são ótimas pra neve e chuva. E o que me agradou: podem parecer como botinhas normais, não homem-das-neves. Acabei escolhendo um modelo que dá também para dobrar e ficar com o tal look se você desejar (mas ainda não usei assim):

se preferir o look esquimó é só dobrar assim

Todas eram na casa de uns 150-200 euros, mas já digo que vale o investimento. Você não está pagando pela marca (pelo menos não muito), mas pela qualidade mesmo! Já saí usando e achei a coisa mais confortável do mundo. E os pés quentinhos o tempo todo. E olha, meu pé gordo não costuma aceitar sapatos de primeira não. A prova de fogo foi a viagem que fiz na semana seguinte – em que andaria MUITO e ainda sempre com o mesmo sapato (fui de mala de mão). E fiquei confortável e viagem toda, e sempre quentinha. Pisava em poças d’água e tudo mais… e eu gosto de bota fácil de calçar, com zíper do lado. Essa que escolhi é assim! Vou ficar devendo o número do modelo, não tem escrito nem na bota nem na caixa. 🙁

Lembrando que esses sapatos de couro você tem que impermeabilizar com spray de vez em quando! Sempre tem pra vender em loja de sapato mesmo.

De quebra algumas fotinhos da minha viagem. Fui para Paris, Londres e de novidade… Liverpool! Era meu sonho conhecer Liverpool! 🙂 Infelizmente a botinha só figura em uma foto.

Em Paris estava MUITO gelado (mas não para mim, hehehe). Tenho amado esse tempo frio e fechado em 2018, depois explico melhor

Tour do Harry Potter (Warner) com a tal da Butter Beer, a pior bebida de todos os tempos

Ana “Michelin” quentinha no Hyde Park. Além da bota, estava usando blusa + calça térmica da Uniqlo, pullover fofinho, um buff, cachecol e claro – casacão e gorrinho. Luvas na bolsa, só uso pra segurar sombrinha se chover. DETESTO usar luva, me sinto igual um gato sem bigode, mesmo essas minhas que são “touch”.

Curtindo a Winter Wonderland com minha mighe

Finalmente em Penny Lane! Lá estava BEM mais quente que em Paris, mas mais molhado também

Entrei pra ouvir Beatles e só saí quando estava morrendo de fome, hahaha

Os portões de Strawberry Field, muita emoção pra beatlemaníaca aqui!

Resolvi fazer esse post porque sempre perguntam dica de coisas pra inverno. Sempre que achar algo imperdível divido aqui com vocês, ok? E essa dica não tinha como guardar só pra mim, hehehe!

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Sandra 08/12/2018 às 17:46

    Adorei a dica das botas. É super importante os pés estarem aquecidos, senão bau bau diversão. Eu ainda não estou precisando de botas de inverno, as minhas tem dado conta, mas vou guardar essa marca para uma próxima compra, afinal bota de inverno boa é aquela que aguenta o tranco do lado de fora por várias horas.

    • Ana 16/12/2018 às 10:48

      pois e… fora que receita pra ferir o pé em viagem é vc só usar o mesmo sapato todos os dias… foi a primeira vez na vida q n tive problema

Comente você também