18
outubro
2018

Férias no lago di Garda

Postado por Ana em Viagens da Ana

Ando tão relapsa que reparei que não postei nada das minhas férias de verão na Itália. Desta vez queria um destino que desse para ir de carro e vocês sabem que Itália é minha paixão, né? Daí meu marido sugeriu o Largo di Garda – que lá fui reparar que é o destino mais alemão ever. Você só escuta alemão dos turistas na rua e os locais quase todos sabem falar alemão também. Os teutos têm todo um fascínio por esse lugar. Ele sugeriu o lago porque é um ótimo lugar para fazer esportes aquáticos, principalmente windsurf e barco a vela. As condições de vento são favoráveis. Eu sou um ser que tem medo de água, nado mal e desde criança meu medo #1 é morrer afogada. Vai entender, né? Mas ainda assim topei experimentar stand up paddle (claro, com um colete salva-vidas maior que eu, hihihi). Lá tem muitas lojas com esses materiais, escolinhas de windsurf, etc, etc!

O maior objetivo nesta viagem… hehehe

Pra queimar um pouco as massas.. 🙂

O lago é muito grande, é o maior da Itália! E são várias cidades por ele em que você pode se hospedar ou visitar. Nossos amigos costumam ficar em Sirmione, mas optamos ficar em Malcesine, é mais lá no final e gostamos muito. Na verdade nossa escolha foi mais pelo hotel, e ele foi escolhido justamente por já ter coisas pros esportes aquáticos, você pega o material lá mesmo. E tem uma “prainha” particular. O hotel nos surpreendeu muito, então recomendaria mil vezes. Se chama Hotel Sailing center. Todo mundo simpático, café delícia, ótimas instalações. O restaurante é tão bom que jantamos lá todas as noites. Uma salva de palmas para mim, que não tirei nenhuma foto do hotel. 🙁 Não fica muito perto do centro de Malcesine, mas íamos andando passeando, acho que gastávamos de 20-30 minutos para chegar. O centro tem muitos restaurantes, lojinhas. É uma cidade bem fofa.

Praia de pedras, haha

Malcesine

Fomos no início de julho e já estava bem quente (pouco mais de 30) mas ainda não estava aquele calorão insuportável de 40 graus. A água não é morna, eu aliás achei bem fria. Por isso adorei ficar remando pra lá e pra cá no stand up paddle sem me molhar. Eu devo ter algum talento escondido, porque não caí nenhuma vez (insira aqui emoji de óculos escuros). Estava meio preocupada com o sol no rosto, então deixava pra ir mais no final da tarde. Essas férias foram essenciais numa época em que estava precisando muito ficar de pernas pro ar. É também uma boa opção para quem quiser conhecer Verona, fica lá perto. É um destino meio difícil de chegar sem ser de carro – quem estiver de férias na Europa e quiser ir lá, sugiro alugar um carro pra isso!

O interessante desses lagos é que não é igual praia, então você tem que usar uns sapatinhos próprios pra pisar nas pedras. Comprei baratinho (10 euros), lá mesmo, esse aqui:

O caminho de carro entre Alemanha e Itália nem precisa falar né? Uma atração à parte. As paisagens da Suíça, afff, coisa linda! Na volta ainda turistamos em Innsbruck na Áustria e visitamos as cataratas do Reno na Suíça. Lindo demais!

Cataratas do Reno: cachoeira com maior volume de água da Europa

Cataratas do Reno

Tchauzinho bem anos 90 – em Innsbruck!

Centrinho de Innsbruck

Fica então a dica! No Brasil se ouve falar muito do lago di Como e Capri (aliás, bem mais caros), mas fica aí uma alternativa linda e mais econômica! E pra nós, meio off-circuit, né? Não escutei português nem uma vezinha sequer…

Baccio!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. karol 18/10/2018 às 22:30

    Que paraíso!!!
    Deve ter sido meio frustrante não ter “necessidade”de falar Italiano…já que todos falavam Alemão haha
    Qual foi o lugar mais exótico pra onde vc viajou? Vc gosta bastante da Itália mesmo!
    bjos

    • Ana 19/10/2018 às 06:27

      na verdade eu adoro ser a porta-voz do casal em viagens à italia, mas dessa vez meu posto realmente se tornou inútil =)
      nossa, acho que nunca fui a nenhum lugar considerado exótico (apesar que nossa patria-mae aqui é destino exótico he he ).
      Acho que é porque eu nao gosto de coisa muito exótica… Mas tem um mais diferentão que eu quero ir (mas exige mt planejamento) é o Japao. Bjos

  2. Andressa 19/10/2018 às 14:03

    Nossa, Ana, que lugar maravilhoso! Imagino como deve ter sido bom o descanso mental passando suas férias aí!!!

Comente você também