30
julho
2017

Unidas contra a Drosophila

Postado por Ana em Ana de Casa

Não me esqueço do meu terror quando, récem-chegada aqui em 2014, comecei a ver minha casa invadida pelas mosquinhas de fruta! Eu era dona-de-casa newbie e não sabia nada de nada de casa! Para mim as mosquinhas só gostavam de banana, hahaha! Lembro que as mosquinhas começaram a aumentar demais, até que em um momento achei um balde escondido com um resto de água suja que o marido tinha usado para limpar o apt antes de eu chegar. Isso uns meses antes – daí imaginem a cena de horror. Após isso se seguiram outras situações de surpresa desagradável – como aquela garrafa de vinho com um restinho de vinho = verdadeiro CRIADOURO de mosquinhas. Naquele ano a batalha foi praticamente perdida. Foi tão chato que eu ia tomar uma tacinha de vinho e não tinha paz – aliás, uma coisa que sempre detestei nessas mosquinhas é que elas são ATREVIDAS. Tipo, elas vêm mesmo pra cima, kkkk!

Sabendo que o inverno aqui é o maior inimigo de insetos, resolvi aproveitar a oportunidade que o extermínio me concederia naquele ano e NUNCA mais deixar isso acontecer. Daí seguiu-se o modo ANA-CRISTINA-A-LOUCA e eu me informei muitíssimo e hoje me considero uma OTÔRIDADE no assunto. Quero muito então dividir as dicas para quem passa por esses apuros no verão – ou o ano todo – e, claro, estamos sempre à procura de novas dicas, então compartilhem sim! 🙂

Do que mosquinha gosta

Já dizia Sun Tzu: “Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas.” 🙂 Quando sabemos do que a mosquinha gosta, fica mais fácil de nos livrar delas! Mosquinha AMA coisas cítricas tipo limão, ama vinagre e fermentados (vinho, espumante, cerveja), ama frutas como banana, laranja, pêssego … E, pela minha experiência amam borra de café (úmido, né….). E, claro, amam qualquer sujeira úmida para botar seus ovinhos! Sabendo disso, desenvolvi uma mentalidade mosquinha-oriented no verão: quando o café fica pronto jogo o filtro fora na hora, nunca deixo copo usado de vinho/espumante dando sopa, fecho BEM a máquina de lavar-louças e tomo MUITO cuidado com as garrafas. Aqui a gente joga os vidros num container longe de casa, então acaba acumulando. Eu passo água e sempre tampo a garrafa vazia, tipo com papel toalha. Ninguém entra e ninguém sai, hehe! Além disso, outros hábitos ajudam:

Não acumular lixo e deixá-los bem fechados

Cuidado com lixo orgânico, principalmente se tiver coisas como limão dentro. Tire da casa o mais rápido possível e sempre limpe o fundo da cesta antes de trocar! Lixo tem que ter tampa- deixe sempre bem tampadinho! Para limpar o lixo, vai qualquer produto de limpeza mesmo. Mas eu gosto da minha solução caseira de limpar lixeira:

Receita: em 250 mL de álcool (aqui = Spiritus) coloco 3 pauzinhos de canela e 9g de cravo (aqui tem em todo supermercado = Zimt + Nelken). Coloco em um pote fechado (Mason Jars ♥) e deixo curtir uns 5 dias, chacoalhando uma vez por dia. Daí passo na peneira e transfiro o álcool perfumado para um spray que fica do lado das lixeiras. Dura muitíssimo.

Cuidado com ralos entupidos e semi-entupidos

As mosquinhas amam um ralo meio-entupido. É ali que estão os ovos! Um ovo leva 12 dias para se transformar em uma mosca adulta e esta vive cerca de um mês. Se você vê que a água começa a descer lentamente – seja na cozinha, seja na banheira: desentupa! Existem produtos muito bons para isso – gosto muito do Drano da Mr. Muscle para desentupir e também uso o “Abfluss Fee” da DM na banheira para evitar entupir com cabelos!

Em casos problemáticos, cuide dos ralos.

Eu fiz isso todo dia do verão em 2015 – foi um dos verões mais implacáveis de todos os tempos, acima de 35 graus diariamente. Antes de dormir eu conferia os ralos – jogava um pouco de água sanitária diluída (Danklorix – eu diluo bem e deixo num sprazinho no banheiro) em cada ralo e também naquelas aberturas que ficam debaixo da torneira do banheiro (pra que servem, aliás?). Aqui também não tem ralo no chão do banheiro como em 99% da Alemanha, mas tem na banheira e na pia, claro. Após isso, fechava bem todos os que eram fecháveis (banheiro, banheira) – o da pia da cozinha tenho hábito de sprayar com Bref antes de dormir, após tirar resto de comida, claro… ele deixa uma espuminha em cima. Agora faço isso tipo 1x por semana, até porque já é suficiente, pois o ovo só vira uma adulta após mais de 10 dias! Eu diluo o Danklorix porque não sei até que ponto água sanitária é segura pros ralos. Quando me mudei usava Danklorix para limpar banheiro, mas com o tempo comecei a perceber que existem inúmeros produtos maravilhosos para limpar banheiro aqui muito mais seguros que o Danklorix. Tenho medo de água sanitária respingar nozóio, hehe!

Armadilha caseira

Aprendi isso com minha sogra. Essa não tenho precisado usar mais, mas em casos de emergência, só fazer assim: coloque num potinho uma parte de vinagre para 3 de suco de maçã, e um gotão de detergente de cozinha e por último duas partes de água. Mexa com uma colher para misturar. A armadilha fica melhor ainda se você colocar um papel afunilado que leva ao pote, por exemplo um filtro melita com buraco em baixo! Daí deixa num lugar problemático, por exemplo, do lado da cesta de frutas. Em uns 2-3 dias você precisa misturar de novo.

Armadilha pronta, “monitorador de mosquinhas”

Isso eu tenho atualmente aqui em casa: são armadilhas prontas que servem também para monitorar a população de mosquinhas na casa. Tem em vários lugares – antigamente comprava Aldi, mas atualmente estou com essa da foto do início do post aqui em casa: é da “Profissimo” da DM. É um potinho com uma mistura de vinagre ao redor do qual você coloca uma casinha adesiva. As mosquinhas ficam grudadas ali, quando encher você troca (costumam vir com mais de um adesivo).

Raquete elétrica

As mosquinhas são mega-lerdas. Então se passar uma feliz-da-vida na sua frente, não perca tempo: eletrocute-a!!!! Veja cada mosquinha como reprodutora em potencial, ARQUI-INIMIGA. hehehehhe Nessa época tem pra vender em supermercados, mas a minha é essa da foto e comprei aqui na Amazon.

Bom, essas são minhas melhores dicas! Caso você esteja perdendo a guerra, não desanime. Só imaginar a vozinha do João Gilberto cantando “Tornerà un altro inverno, cadranno mille pètali di rose, la neve coprirà tutte le cose e forse un pò di pace tornerà!“. Mas esse consolo é só para quem mora em clima temperado também! No Brasil a luta deverá continuar! 🙂

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Elisa 30/07/2017 às 19:56

    Eis algo que a gente só vê no seu blog, citação de Sun Tzu em um texto sobre moscas domésticas, hahaha
    Sério, se eu te falar o tanto de coisa que já aprendi lendo seus textos…
    É por isso que eu sou leitora fidelíssima há anos!!
    Beijos

    • Ana 31/07/2017 às 07:03

      oi Elisa, seu comentário me deixou mega feliz! obrigada! :))) bjs

      • Elisa 31/07/2017 às 23:49

        Que bom, eu TB fico mega feliz qdo tem texto novo no blog! Bjosss!

  2. Gabriela 31/07/2017 às 03:55

    Essa raquete é usada no Rio para matar mosquito. Temos duas e ficamos eu e meu marido vendo quem pega mais mosquito.

    • Ana 31/07/2017 às 06:57

      siiim, qualquer bicho voante!
      tb temos em BH :))))

  3. Marina 01/08/2017 às 21:23

    Salvou minha vida, é meu primeiro verão por aqui e já tava ficando doida xD

    • Ana 01/08/2017 às 21:26

      eba! :)))) dps me conta se funcionou!

  4. Fernanda P 04/08/2017 às 21:55

    Menina, vc está expert mesmo!!! Adorei o álcool perfumado, vou adotar já! BJ

  5. Natalie 05/08/2017 às 03:18

    Meu Deus, estava precisando de uma luz para combater estas abençoadas! Mudei recentemente pra um apartamento que elas aparecem…já fiz o básico de sempre deixar tudo limpo, sem lixo à noite, etc…mas elas sempre voltam…seguirei suas dicas e espero ter sucesso nessa batalha!! hahah
    Bjos

    • Ana 05/08/2017 às 16:10

      faz sim , dps me conta!! :))

Comente você também