17
janeiro
2010

Sabonetes íntimos – usar ou não?

Postado por Ana em Saúde

Olá queridos leitores, como vai essa força? Hoje vou falar um pouquinho de algo que está sendo um verdadeiro “boom” no mercado: os sabonetes e produtos para … er, bem, hum…produtos íntimos.

Qual é a verdade por trás destes produtos?

Apesar de todos conterem na embalagem os dizeres “aprovado por ginecologistas, a questão é polêmica mesmo entre os médicos. Mas a verdade seja dita: a maioria dos ginecologistas e livros da área são contra. Temos uma flora vivendo em harmonia nessa região. Qualquer coisa que cause desequilíbrio no local (uso de ducha interna, antibióticos, produtos diversos) pode fazer com que algum dos habitantes se “destaque” e cause uma espécie de rebelião no local. Um exemplo é a infecção fúngica conhecida como Candidíase. Não custa lembrar: sabonetes íntimos não são remédios e não servem para tratar nada. Outra coisa é que a maioria deles não altera o pH vaginal (ácido); contudo, suas várias substâncias podem produzir irritação local e alterar o equilíbrio, como mencionei. Conclusão: aqueles que não são perfumados nem com substâncias demais se equiparam aos sabonetes neutros, não causam bem nem mal.

Qual seria a verdadeira vantagem?

Muitas mulheres são inseguras em relação ao próprio corpo e, assim, esse tipo de produto pode servir para dar um up na auto-estima e diminuir a insegurança das mulheres em suas conjunções carnais (goxxxtaram do uso do portuguêiix? hahaha).

Marcas famosas:

Dermacyd, Vagisil (kakakakaka), Carefree, Intimus, Nivea…. Os preços variam de 10 a 25 reais.

Então qual é então a melhor maneira de fazer higiene íntima?

Eu sei que mulher adora um fru-fru e comprar produtinhos novos (se sei!) mas… o melhor para higiene é simples: água + sabonete neutro. É importante enxaguar bem, pois restos de qualquer sabonete podem causar irritação e alergias. Secar bem após o banho é importantíssimo, principalmente para evitar infecções fúngicas. Outras dicas : preferir calcinhas de algodão, usar lycra só esporadicamente. Usar o papel higiênico sempre de frente para trás e nunca o contrário e, por fim, evitar usar roupas apertadas demasiadamente, principalmente jeans. Esse é o beabá da higiene íntima. Qualquer coisa além disso é supérfluo, firula mesmo.

Caso queira acrescentar algo sobre o assunto, deixe um comentário. Abração e até o próximo papo bizarro !!! 😀

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...