07
julho
2019

Frikadelle do vovô

Postado por Ana em Ana de Casa

Frikadelle do Opa! Apesar de cozinhar pouco, meu sogro sabe se virar na cozinha e tem alguns pratos simples que são sua “especialidade”. Por exemplo, seus frikadelles, que nada mais são que umas almôndegas dinamarquesas. Daí semana passada eu estava lá filando a bóia e ele se encarregou do almoço um dia. O menu: Frikadelle + Molho (daqueles Knorr-Fix mesmo hehe) + Batatas cozidas + legumes.

Sei que nos últimos anos fiz algumas vezes receitas de Frikadelle e sempre achei super blé. Fiz inclusive dessas receitas fit, outras sem ovo também. Mas nunca ficava gostoso de verdade.

Quando provei fiquei de cara porque foi o melhor frikadelle que já comi (e mandei de cara CINCO goela abaixo). Falei isso e ele achou muito engraçado e disse que é receita boba de livro de criança. Ó, pode até ser, mas quis anotar na hora pra repetir aqui em casa e, claro, dividir com vocês!

Ingredientes para 11 Frikedellen

– 700g carne moída (ele usa a mista bovina + suína); se puder ser direto do açougue, melhor
– 2 ovos inteiros
– 2 colheres de sopa de farinha de rosca (Paniermehl)
– 4 cebolas brancas pequenas picadinhas
– 2 colheres de chá de mostarda
– 1 colher de chá de cominho (Na Alemanha se chama Kreuzkümmel, não confundir com Kümmel, que é diferente!!) O pó também dá, mas melhor ainda o grão inteiro pra socar com um almofariz/pilão, )
– 1 colher de chá bem cheia de sal
– 2 pitadas de pimenta preta

Modo de preparo:
Mistura tudo com a mão e faça bolinhas de mais ou menos 80g e forme o hamburguerzinho.

Leve à frigideira com um óleo que esquenta bem, como de girassol ou rapsöl. Não fazer com azeite! Não é frito, só forra o fundo dela mesmo: deixa 3 minutos de cada lado e pronto! Confere se a carne tá cozida por dentro !

Observações:
– Assim como qualquer hamburguer, dá pra congelar bem, por exemplo individualmente em plástico filme

– Se quiser, pode acrescentar salsinha a gosto

Beijos frikadelludos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Maria 07/07/2019 às 20:12

    Obrigada por compartilhar a receita! 🙂 No geral, você gosta da comida alemã?

    • Ana 08/07/2019 às 09:23

      Oi Maria, eu amo comida alemã!
      E alem disso algumas coisas do dia a dia eu me acostumei a tal ponto que sinto mta falta no Brasil: a forma como eles preparam/servem/temperam saladas, os diversos paes e coisas pra colocar nos paes. Eu chego em BH e tem pao frances com manteiga, presunto e queijo no maximo e fico meio assim CADEEEE. hehehe
      Bjo

  2. Thassya 10/07/2019 às 10:22

    Olá Ana.
    Adorei a receita e vou fazer este final de semana 🙂 Alias, eu descobri seu blog por acaso e estou maratonando todos os posts. Obrigada pelo produto de limpar salada (Alemães realmente sao meio “É assim e pronto”), eu nao conhecia o evidenciador de placas bacterianas tampouco, mas ja comprei (!_!)… e várias outras coisas que nem tinha me preocupado ainda, mas agora já sei!!! 🙂
    Parabéns pela maternidade! O que todos dizem é: aproveita bastante, pois os filhos crescem rápido!
    Bjs :*

    • Ana 10/07/2019 às 10:25

      Oi Thassya! Bem-vinda! Fico feliz que aproveitou as dicas! Bjoss!

  3. Thassya Souza Abreu 10/07/2019 às 13:59

    A mostrarda pode ser em pó? tanto faz?

    • Ana 10/07/2019 às 17:19

      Oi Thassya, é aquela mostarda amarela cremosa mesmo!

Comente você também