15
julho
2018

A farsa da calcinha

Postado por Ana em Alemanha, Ana de Casa

Me perdoem pelo post estilo TMI (too much information), mas na minha concepção é um serviço de utilidade pública. hahahaha, sério! Você com certeza sabe de uma coisa: ainda que este não seja o seu caso, é inegável que uma proporção ENORME das brasileiras lava as suas calcinhas no banho. Isso é quase motivo de estudo sociológico para gringos que visitam o Brasil. Não diria que é o único país do mundo em que isso acontece (minhas pesquisas no google também apontam Haiti e outros países da América central), mas certamente existem vários outros em que isso não é realidade. Em filmes e seriados americanos eu já cansei de ver as personagens levando as roupas íntimas pra lavar na máquina. E aqui mesmo na Alemanha também é só na máquina. Lembro que na minha primeira visita (de quase um mês!) em 2006 eu vim com um estoque de calcinhas já sabendo que não conseguiria lavá-las (estava em casa de família). E daí ia acabando e eu comprava umas baratinhas na H&M, hahaha. Um dia a senhora em cuja casa eu morava me perguntou se eu não tinha calcinhas pra levar pra lavar – e eu “não, tenho suficiente”. Ela deve ter achado esquisitíssimo e pensado que eu era porcalhona.

Desde criança eu lavava minhas calcinhas no banho. E lá em casa tinha uma lavadeira, mas lembro que era meio tabu, então cada um lavava a sua! E acho que talvez essa seja a origem do hábito: no Brasil é muito comum uma outra pessoa lavar as suas roupas e pelo pudor mesmo, muitos acabam “retendo” as roupas íntimas. Eu sei que eu não me sentiria confortável com outra pessoa lavando as minhas calcinhas.

ENFIM!

A história seguiu-se aqui. Eu tenho a pele muito sensível e meu sabonete de banho (e que eu usava para lavar as calcinhas) é neutro, sem cheiro nem perfume (aqui compro algum Arztseife). Aliás, tirando perfume e produto pra cabelo, pra mim quanto menos cheiro um produto tem, melhor, já falei isso várias vezes no blog. E daí que tipo 50% do meu tempo no banho era lavando e enxaguando a calcinha. Porque eu lavava e daí enxaguava, daí enxaguava de novo. Morria de medo de ficar sabão e me dar alergia. E eu obviamente NUNCA deixei dependurada no banheiro, muito úmido! E daí que meu marido, que sempre lavou todas suas coisas na máquina, um dia me perguntou “por que você não lava suas calcinhas na máquina?“. Meninas, eu fiquei espantadíssima, como sendo atacada nas estranhas da minha “super autoridade em higiene” brasileira. Falei que jaaaaamais!! Que porcaria! Que não iam ficar limpas! Que os produtos iam me dar alergia! Etc etc etc!

Mas sei que um dia começou a me encher o saco isso de lavar, enxaguar, enxaguar, enxaguar, pendura, guarda. E quando a gente volta de viagem onde não tinha como lavar no chuveiro e fica meia hora só lavando um monte de calcinhas no banho???? Todo dia tinha calcinha pendurada no varalzinho, que saco. E naquela semana resolvi ver “qual é da máquina“. Mas bem descrente mesmo. Fui colocando todas num saquinho durante a semana e na sexta as coloquei todas na máquina. Escolhi o modo “anti-alergia“. Quando acabou, meu queixo caiu no chão!

A FARSA DA CALCINHA! FUI ENGANADA MINHA VIDA INTEIRA!!!

Elas saíram MUITO mais limpas do que eu jamais consegui fazer no banho. Na verdade eu achava que elas estavam velhas, perdendo o branco natural, etc. E saíram como novas, as brancas branquinhas, o tecido macio mesmo sem amaciante. Sério!!! Nesse momento eu soube que nunca mais lavaria uma calcinha no banho na minha vida. Não cheguei a ter nenhum tipo de alergia, mas mesmo no modo “anti-alergia” elas saíam com cheiro do sabão líquido, então pelo sim pelo não comprei um sabonete super anti-alergênico pra lavá-las, esse aqui:

É mais caro que um normal, mas é ultra-concentrado então rende muito. E elas saem sem cheiro NENHUM mas super limpinhas. Desde que adquiri este novo hábito, comprei muito mais calcinhas de algodão (uso 99% do tempo só de algodão, qualquer outro material me PINICA) para poder lavar mais de uma vez só (economiza tempo, dinheiro, meio-ambiente), tenho lavado de 2/2 semanas. As minhas de algodão lavo a 60 graus (é o que costuma estar na etiqueta, sigo as instruções de lavagem) e com esse sabonete nem preciso usar o modo anti-alergia mais, então vai mais rápido. Se for lavar umas mais delicadas tem que tomar mais cuidado, colocar em saquinhos protetores ou diminuir a temperatura (algumas pedem modo de lavagem manual). Eu aliás não lavo mais nada à mão, nunquinha, jamais. Nem cashmere – só colocar no modo lavagem manual em um saquinho e pronto. Eu adoro minha máquina, é essa da AEG (AEG é a Electrolux do Brasil) que compramos há 2 anos.

Só sei que junto com a mudança do hábito da escova de dente (de manual para elétrica) esse foi um dos maiores preconceitos que quebrei aqui.

Lavar calcinha na máquina é vida! Será que parei no tempo e fui a última a descobrir? Porque ontem mesmo minha irmã me disse que não lava calcinha no banho mais. Me contem!

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Thaisa 15/07/2018 às 09:54

    Aee!! Eu tb passei a lavar na máquina com o sabão que uso nas roupas de bebê e nunca tive alergias. Tenho lavor de banheiro úmido, ja uso desumidificador, dai so em pensar em calcinha sendo lavada no chuveiro me da aflição kkkk sem contar que elas saem bem mais sequinhas da máquina. Roupa de bebe só lavei na mao a primeira vez, depois nunca mais. Uso mt a lavagem suave da máquina, v-i-d-a!

  2. Thaisa 15/07/2018 às 09:55

    Aee!! Eu tb passei a lavar na máquina com o sabão que uso nas roupas de bebê e nunca tive alergias. Tenho pavor de banheiro úmido, ja uso desumidificador, dai so em pensar em calcinha sendo lavada no chuveiro me da aflição kkkk sem contar que elas saem bem mais sequinhas da máquina. Roupa de bebe só lavei na mao a primeira vez, depois nunca mais. Uso mt a lavagem suave da máquina, v-i-d-a!

    • Ana 16/07/2018 às 20:50

      Oi Thaisa! nossa, secar no banheiro eu nunca entendi… deixar dependurado no chuveiro entao? Vai o proximo habitante e molha tudo de novo… deve da cheio de mofo! Pior que sei q mt gente faz assim.
      Vejo o pessoal do brasil lavando com orgulho as roupas de bebe a mao, pois qd chegar minha hora vai tuuuuudo na maquina tb, ta doido kkkkk

  3. Maria Pessôa 15/07/2018 às 13:22

    Também já não lavo mais à mão há muito tempo! Salvo raríssimas exceções(se o tecido for delicado etc). Quando fiz intercâmbio, morava com um monte de brasileiras, e lavar calcinhas foi até assunto de debate. Senti os olhares de julgamento quando eu (e somente eu) falei que lavava na máquina. Hahahaha A máquina lava super bem, usando secadora ela já vem sequinha, muito mais prático e higiênico do que ficar com calcinha pra lá e pra cá no chuveiro (e, muitas vezes, deixar penduradas no box profiferando fungo, como várias das Miss Higiene deixavam kkkkkkk).

    • Ana 16/07/2018 às 20:49

      Oi Maria, vc é portuguesa, certo? Mas ta vendo, vc nao me deixa mentir.
      Eu vejo algumas falácias de nós brasileiros em relacao a coisas de higiene. Nós realmente nos achamos o povo mais limpinho do mundo, mas eu consigo citar 2 habitos mto questionaveis da maioria
      1) andar de sapato que vc andou na rua em casa! pisar com sapato na rua no ta-pe-te da casa, isso ha anos passei a achar impensavel e inclusive contaminei minha familia do brasil , hahaha
      2) na academia nao limpar aparelhos depois de usar NEM forrar com toalha antes.. fica um nadando no suor no outro
      E agora esse da calcinha, que acho menos higienico do que lavar a 60 graus na maquina… hehe
      bjos

  4. Virgínia Gomes 15/07/2018 às 15:30

    Oi Ana! Minha mãe me ensinou a lavar as calcinhas no chuveiro também, mas só quando estava fora. De resto sempre lavei na máquina e com sabão em pó ou líquido mesmo, pois não tenho alergia. Sempre achei que a água quente do chuveiro desgastaria mais rápido as calcinhas. Também não lavo nada na mão uso ciclo suave ou os saquinhos, tô até pensando em tirar o tanque da lavanderia ou colocar só uma pia pequena porque só uso para escorrer a água do balde de limpeza.
    Beijos!!

    • Ana 16/07/2018 às 20:47

      aaah, o tanque! sonho de todas as expatriadas.. mesmo qdo a gente para de lavar coisas a mao rola uma saudade.. hehehe

  5. Paula Oliveira 15/07/2018 às 21:47

    sou dessas que só lava na mão e realmente sinto isso, vai ficando sujinha com o tempo.

    • Ana 16/07/2018 às 20:43

      joga na maquina um dia e me fala, hehe 🙂

  6. Talita 16/07/2018 às 05:27

    Ana é tão legal seu jeito de escrever! Obrigada por manter o blog, saiba que tem leitoras fiéis.
    Acredita que eu lavava as calcinhas no chuveiro, depois que elas estavam secas colocava no cesto de roupa suja e deixava acumular pra lavá-las novamente na máquina?! Agora estou no último ano do internato, então tenho zero tempo pra todo esse processo. Lavo só na máquina e pronto. Saem limpinhas! 😊

    • Ana 16/07/2018 às 20:45

      oi talita! fico feliz em saber =)))
      ué, que engraçada essa lavada dupla, hehe mas pois é , vc viu que só na maquina ja fica otimo ne ! bjos

  7. Karoline 16/07/2018 às 17:09

    Oi, Ana!!!
    Eita, que eu não faço nem uma coisa (lavar no banheiro) nem outra ( lavar na máquina). Eu lavo no tanque 1 x por semana com sabonete próprio pra lavar calcinhas. Eu acho que a maioria das casas gringas não tem um tanque na área de serviços, né?!! Quando ela fiz intercâmbio no Usa, eu lavava na pia do banheiro pq n tinha tanque e colocava pra secar no varal hahaha.
    Eu tenho muitas calcinhas de renda e aquelas sem costura… não sei se estragam colocando na máquina. E acho que não teria qnt suficiente de calcinhas pra lavar de 14/14 dias. Eu acho que lavar toda semana desperdiçaria muita água na máquina. O que acham?? Será que mudarei meus hábitos tbem?? =P
    bjos

    • Ana 16/07/2018 às 20:46

      realmente, tanque é raridade… eu nao sinto mt falta nao, mas seria legal pra colocar coisas de molho..
      blusas de academia mto suadas (tipo do marido) eu gosto de deixar em molho antes de lavar (com um pouco de vinagre) – faço no balde, mas se tivesse um tanque usaria pra esse fim!
      se a maquina for moderna, com um saquinho e modo apropriado nao estragam nao… pra mim o ápice da sensibilidade é cashmere, é minha referencia que dá pra lavar tudo na maquina hehhe

  8. Jacque 17/07/2018 às 07:16

    Ana … amei a dica vou testar

  9. Fedra 18/07/2018 às 01:24

    Ana, achei o texto super engraçado! Não fazia ideia que era assim no Brasil. A mim, nunca me passaria pela cabeça NÃO lavar as cuecas na máquina! 😂 Se te lembrares de mais hábitos brasileiros diferentes dos dos europeus, partilha. Achei muito interessante. 😄

    • Ana 27/07/2018 às 14:28

      pois é Fedra! É uma surpresa para vários estrangeiros que vao morar lá, principalmente se encontrarem calcinhas dependuradas por todos os lados haha

  10. L. 18/07/2018 às 19:33

    Oi, Ana!

    Melhor post! 🙂

    Como o texto é TMI, aqui vai meu comentário TMI: eu lavo minhas peças íntimas com sabonete neutro em barra, diariamente – como fazia no Brasil. Sinto dificuldade em deixá-las acumulando no cesto até que valha a pena lavá-las. Meu marido (alemão) não tem esse problema, ele sempre lavou tudo na máquina. Mas isso só é possível porque ele é um verdadeiro hoarder de cuecas. 😀 Para lavar minhas peças na máquina, eu teria primeiro de fazer compras em grande estilo, acho.

    Se me permite a mudança repentina de assunto: adoraria saber com que ferramentas você vem organizando o seu tempo. Você chegou a comprar seu sonhado Filofax?

    Abraço,
    L.

    • Ana 27/07/2018 às 14:26

      Oie !
      é verdade essa questao da economia, por isso que ate comprei mais calcinhas…. eu lavo umas 15 de uma vez, acho de boas!
      Essa questao de organizar o tempo eu meio que mudei de ideia esse ano (sim, sou uma metamorfose ambulante) – eu nao gostei da forma que eu fazia antes, organizando tuuuuuuudo. Funcionava bem, mas acho que tirou um pouco da leveza da minha vida. Ate por isso mesmo nao comprei Filofax. Comprei um da Leuchtturm (esse https://amzn.to/2JYZrla, cor vemelha) e tenho achado otimo pros meus propositos (repito: nao tao neuroticos como antigamente, mais uma agenda normal para nao esquecer compromissos…) bjos

  11. FERNANDA P 19/07/2018 às 15:32

    TMI, vindo do seu blog, vira artigo cientifico! Bjss

  12. Amanda Trintim 22/07/2018 às 12:51

    Pior é que eu tenho a impressão de que Europeu usa muito mais a máquina de lavar roupas do que nós, brasileiros! A gente pensa que levar na mão fica mais limpo, enquanto eles usam para tudo – de calcinhas a tênis! Fico chocada! ahahah Seria esse mais um choque cultural?
    Beijos Ana! Adoro seus posts!

  13. Monalisa 24/07/2018 às 16:44

    Ana,não lavo calcinha na maquina pq aqui em casa as vezes colocam pano de chão nela, aí não tenho coragem, mas tem gente que lava até tênis na maquina e não tem problema né, o que você acha?

    • Ana 27/07/2018 às 14:22

      oi monalisa!
      nossa, pra mim maquina de lavar roupas é tipo sabonete, sabe? É auto-limpante! Entao nao me preocupo com isso nao, no final de cada ciclo a maquina tá limpinha e pronta pro uso. Nao acho que uma coisa contamina a outra nao! Bjos

  14. Monalisa 24/07/2018 às 16:59

    Ana, você também lava sutiã de bojo na máquina? Tenho medo de estragar

    • Ana 27/07/2018 às 14:23

      lavo meus sutias todos na maquina, alguns tem bojo! coloco sempre num saquinho próprio (tipo esses https://amzn.to/2JYQckW) mais para nao enrolarem uns nos outros, rs

  15. Fabiola 06/08/2018 às 23:15

    Oi Ana,
    Nunca entendi essa história de lavar calcinha no chuveiro. E minha mãe também não! rsrs Ela dizia que gastava muita água e energia do chuveiro elétrico, então na casa dela sempre lavamos com o restante da roupa, dando uma esfregadinha no fundinho…
    Quando fui morar com meu marido também fazíamos assim, até um certo dia que não tínhamos mais roupas de baixo na gaveta. Jogamos meias, calcinhas e cuecas viradas do avesso no modo “limpeza pesada” da máquina de lavar, sabão normal, um copo de vinagre de álcool e duplo enxague. Achei o melhor resultado até então, já tive fases na vida sem máquina de lavar em que ao menos as calcinhas eu lavava no tanque, e como sou adepta do algodão acabo não me preocupando muito com o desgaste. Até os sutiãs de bojo jogo junto na máquina e nunca tive problemas.
    E eu sou do time dos europeus, lavo absolutamente tudo na máquina de lavar autolimpante! kkkkkk
    Bjs

Comente você também