13
maio
2018

Panzanella com aspargos, minha receita queridinha da estação

Postado por Ana em Ana de Casa

É novamente época de aspargos! E tal como fiz ano passado, vou dividir a minha receita queridinha desse ano! Já fizemos três vezes nesta estação e já sei que faremos novamente final de semana que vem (como acompanhamento de um pequeno churrasco pra amigos). Mas aqui comemos de prato principal mesmo – serve nós dois com abundância (repetindo cada um 2-3 vezes kkk) e ainda sobra um pouco para ser “side salad” do dia seguinte. É leve, fresca, perfeita para dias quentes. Eu sou completamente apaixonada por ela, tanto que voltei aqui das cinzas porque me sentiria egoísta de não dividi-la com o mundo. 🙂 A receita é da revista alemã Brigitte (é minha favorita para receitas, quando quero fazer algo, digito primeiro para ver se tem lá!). Panzanella é um prato típico da Itália central- muitas vezes os italianos o faziam/fazem para por exemplo aproveitar ingredientes que estão “pra perder”, inclusive pão velho. Fiz uma vez aqui uma panzanella num curso de culinária e amei – e daí que surgiu a idéia de procurar alguma com aspargos.

Ingredientes

– 500g de aspargos brancos frescos (500g antes de cortar, descascar, etc)
– 500g de aspargos verdes frescos
– 600g de tomates cherry de diferentes cores (uso vermelho, amarelo e um bonina)
– 1 ramo manjericão fresco picado grosseiramente (eu uso mais, quase um pacotinho do Rewe inteiro)
– 5 colheres de azeite de oliva
– 2 colheres de sopa de limão siciliano
– 1 cebola roxa pequena cortada em tirinhas finas (a Julienne)
– 2 colheres de aceto balsâmico
– cerca de 1 colher de chá de Agavendicksaft (Agave nectar) – faço com isso, é fácil de achar (fica tipo do lado do Ahornsirup no supermercado) mas com certeza dá pra usar mel ou Ahornsirup (maple syrup) no lugar.
– 150g de pão ciabatta
– sal e pimenta a gosto

Pequena observação sobre os ingredientes: o que acho que pode influenciar a receita negativamente é se você não tiver tomates docinhos e se os ingredientes não forem frescos. Mas de resto- já fiz a receita com aspargos caros e tomates caros e sinceramente achei a qualidade igual quando fiz com aspargos e tomatinhos do Aldi (rede baratex daqui). O Aldi vende aspargos aqui da minha região (Baden) e acho muito gostoso. E o baldinho de tomate cereja vermelha de lá também é bem docinho e gostoso e bem baratinho. Os amarelos ainda não achei lá. Não ficou mais de 13 euros a compra que fiz ontem (mas já tinha o xarope, azeite, balsâmico, sal…)

Modo de preparo

– Lave e descasque os aspargos brancos e corte a parte fibrosa do talo (costuma ser o 1/3 inferior)
– Lave os aspargos verdes e corte o 1/3 inferior
– Corte os aspargos em pedaços de 3-4 cm. Alguns aspargos brancos podem ser bem mais grossos que os verdes, se é esse o caso eu corto uma vez no sentido do comprimento para que todos os pedaços fiquem de tamanho/espessura parecidos e cozinhem igualmente.
– Corte o pão ciabatta em cubos de 2-3cm
– Em uma tigela, você mistura os aspargos, os pedaços de pão com 4 colheres de sopa de azeite e sal a gosto (uso duas pitadonas de sal rosa)
– Espalhe a mistura de aspargos e pão em uma forma grande com papel manteiga e leve em um forno pré-aquecido a 140 graus (se for Umluft, ar circulante – senão pode colocar a 160 graus) na divisória do meio por 15 minutos. Ficam levemente dourados os pães, mas não é para ficar torrada não! Assim os aspargos saem cozidos mas firmes.

Saindo do forno

– Após cortar as cebolas em tiras fininhas você a deixa descansando 2 minutos com duas pitadonas de sal
– Em uma outra tigela você coloca os tomatinhos cortados em 4 (sentido do comprimento). Daí você os mistura com mais uma colher de sopa de azeite, 2 colheres de sopa de balsâmico, o manjericão, 2 colheres de sopa do limão, mais umas duas pitadonas de sal, um pouquinho de pimenta do reino, 1 colher de chá do néctar de Agave e a cebola.

– Você tira os aspargos/pão do forno e deixa esfriar um pouquinho!
– Daí é só misturar tudo, ajustar o sal (eu não coloco mais) e colocar mais um pouquinho do néctar de Agave se quiser (coloco mais uma colher de chá).
– Deixa descansar 15 minutos pro pão absorver o líquido, incorporar, etc.

Após esses 15 minutos comer imediatamente – aí o pão estará no ponto ideal, se esperar muito vai ficar muito molego!

A receita fala que você pode servir com parmesão ralado. Mas mesmo sendo amante de queijos eu acho uma blasfêmia culinária você cobrir essa explosão de sabores e frescor com gosto de queijo!

Se sobrar salada, você come/tira pelo menos o pão todo, acho que não fica bom o pão molhando até o dia seguinte não. Mas o resto fica ótimo de saladinha de acompanhamento pro dia seguinte. Eu tiro da geladeira 30 min antes de servir porque não gosto de tomate gelado.

Essa com certeza é a minha receita #1 de 2018 e olha que ainda estamos em maio! Aqui a estação de aspargos vai até dia 24 de junho. Aproveitem e me digam se gostaram!

Beijos e DE NADA por essa pérola da culinária, hehehe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Elisa 13/05/2018 às 14:39

    Que bom que voltou! Sentimos sua falta!
    E obrigada pela receita! Pena que aqui no Brasil aspargos sejam meio carinhos.
    Beijos e bom resto de fds!!!

    • Ana 15/05/2018 às 08:51

      aqui no auge da estação até acho bem em conta – a desvantagem é que nao encontro frescos o ano todo, só nessa época (e mesmo se aparecerem antes, vêm por exemplo da espanha e tals e nesse aspecto alemanizei e só compro da minha região, rs)…. bjossss

  2. Virginia Gomes 18/05/2018 às 00:22

    Oi Ana! Realmente essa receita é de dar água na boca! Quando você postou no Stories já fiquei de olho gordo! Vou fazer esses dias, mas vou substituir os aspargos por outra coisa, aqui no Brasil eles são caros e não acho que o sabor valha o preço rs…
    Beijos!
    Bom fim de semana!

    • Ana 19/05/2018 às 10:01

      oi Virginia, q bom q gostou!
      Fiquei ate curiosa, acho que nunca nem tinha experimentado aspargos no Brasil. Mas as bloggers de fitness vivem postando como se fosse a coisa mais dia-a-dia do mundo, n sabia q era tao caro. Talvez fique bom usando rucula, palmito… panzanella é basicamente qq coisa com essa mistura de tomatinhos e paes, vai testando depois me conta! Bj

  3. Virginia Gomes 18/05/2018 às 00:24

    Oi Ana! Realmente essa receita é de dar água na boca! Quando você postou no Stories já fiquei de olho gordo! Vou fazer esses dias, mas vou substituir os aspargos por outra coisa, aqui no Brasil eles são caros e não acho que o sabor valha o preço rs…
    Beijos!
    Bom fim de semana!
    PS. Se o comentário foi duas vezes me desculpe!Teve um erro na página rs.

  4. Priscila 18/05/2018 às 02:29

    Que receita maravilhosa, obrigada por compartilhar!!! Posta mais receitinhas, quando der. Estamos com saudades dos posts!!

  5. Virgínia Gomes 19/05/2018 às 04:32

    Oi Ana! Realmente essa receita é de dar água na boca! Quando você postou no stories fiquei de olho gordo! Vou fazer esses dias, mas vou trocar os aspargos. Aqui é muito caro e não acho que o preço vale o sabor rs…Bom fim de semana!
    Beijos!

  6. Gabriela 25/05/2018 às 07:26

    O que e bonina. Desculpe meu computador esta sem nenhuma pontuacao ou acentuacao.

  7. Séphora 27/05/2018 às 19:05

    Tina, que bom vc ter voltado! Sinto muito a falta de seus posts! Adorei a receita!

  8. Juliana 11/06/2018 às 20:27

    Ana que saudades de você no Instagram e dos seus acontecimentos do dia a dia. Como vão as aulas de piano? Abraços!!

    • Ana 11/06/2018 às 22:33

      oi Ju , obrigada pela msg!! Eu volto em uns dias, tava só curtindo mais a vidinha offline hehehe
      as aulas estao indo mto bem, to adorando… melhorando aos pouquinhos! bjos

Comente você também