10
junho
2013

Meu pequeno curso de fotografia

Postado por Ana em Dicas, Tech

Minha falta de habilidade com a máquina fotográfica sempre me frustrou, sabe? E como todo ser humano eu estava tendendo a jogar a responsabilidade para fora de mim e pensei em finalmente comprar uma câmera SLR (reflex) . A minha câmera atual é compacta mas não é de todo ruim. É uma Lumix DMC-LX3, que pertence à categoria Bridge, algo como um meio-termo entre a compacta e a profissional. Como eu sou teimosa igual uma mula, quis fazer um curso para eu mesma decidir “da minha cabeça” qual câmera seria melhor para mim. Além de, finalmente, aprender o básico sobre fotografia. Fora que, na minha cabeça, aprender “na prática” ou de “orelhada” não existe. Eu preciso saber o motivo das coisas, a.k.a teoria.

cam1

Só não digo que a minha noção era totalmente zero, porque a câmera é muito parecida com o olho e vice-versa. Então já tenho uma noção de profundidade de foco e óptica em geral. Mas no geral, fotografia-dummie total. Escolhi uma escola de fotografia de um dos fotógrafos mais feras de BH (e do Brasil), o Vinícius Matos. Ela se chama Escola de Imagem e realmente dá gosto, é muito profissional. Escolhi o curso mais básico possível, o de Fotoimagem. A carga horária é de 14 horas, e inclui cerca de 2 horas práticas.

esc2

Gente, eu gostei muito! Muito mesmo. Acho que qualquer coisa nova que a gente estuda é um universo novo se abrindo pra gente, sabe? De repente se abriu este mundo fabuloso da fotografia, e agora estou sedenta por mais e mais! Nesse tempo já descobri o dicasdefotografia.com.br, que já li de cabo a rabo.

esc

Agora é comprar minha câmera, treinar muito muito muito! E daqui a uns meses fazer o Fotoimagem avançado, que é como se fosse a continuação deste! Recomendo muito o que fiz para quem também não sabe nada de fotografia. A escola também oferece vários outros cursos, inclusive um completo que dura quase um ano, super carga horária e engloba um milhão de coisas.

Ps: vou ficar devendo fotos que fiz no curso, pois usei a câmera da escola. Era a única da sala que não tinha uma SLR! haha

Beijos da Ana R. Duran (as if…) !

18
novembro
2012

NeoStitch – costure sua capinha de iPhone

Postado por Ana em Fofo, Tech

Essa que vos escreve já fez aula de bordado. Eu tinha 17 anos e era um curso gratuito numa loja de aviamentos aqui de BH (Maisa Aviamentos, ainda existe?)! Uma pena que eu não tinha o menor talento, se conseguia bordar um coraçãozinho já era muito… :laugh: Mas ainda não desisti, viu? Para as mais talentosas, olha que diferente essa capinha de iPhone: a NeoStich vem com agulha, três cores de linha, manual de instruções com modelos para copiar.

Quem quiser mais informações, esse site tem uma resenha ótima (em inglês). Não sei se faz meu estilo, mas que é diferente, isso é ! Vou continuar com minha capinha de chocolate mesmo, é a única que resiste bem a bebês. :laugh: Só vi vendendo em sites gringos, como na Amazon.

Beijos!

10
março
2012

Capinha mais fofa do mundo

Postado por Ana em Fofo, Tech

Esse post tem três propósitos:
– Mostrar minha capinha de celular nova, que está fazendo o maior sucesso;
– Dar um update na situação do Strapya, relatada naquele post;
– Encher linguiça, porque estou sem assunto. :laugh:

Em relação àquela primeira comprinha que fiz, resolvi não pegar nos Correios, visto que eles queriam cobrar mais de 300 reais de imposto por uma compra que custou 50 dólares. Ontem recebi um e-mail atencioso do pessoal do Strapya Net, falando que a mercadoria tinha voltado pra eles e perguntando se eu queria reembolso (menos do frete) ou pagar outro frete para tentarem novamente. Escolhi o reembolso.

ontem mesmo chegou essa nova capinha que comprei. Ela é de babar: além de fofíssima, é de silicone, então protege bem o celular.

Estava preocupada com as capinhas duras, que não protegem nada. O acabamento é perfeito, ah, esses japoneses! De repente tá meu celular todo babado, porque minha sobrinha levou à boca. OUtra coisa interessante é que 100% das pessoas a cheiram, mesmo ela sendo inodora. haha

Fui então rastrear outra comprinha mini que fiz lá. Só duas capinhas fofas de chaves. E vocês acreditam que taxaram as benditas? Quanto vou ter que pagar de imposto em algo pelo qual paguei 10 dólares? Aposto que vão ser uns 100 reais. haha Já estou aguardando minha cartinha dos correios para decidir se vou pagar o resgate ou não.

Ou seja: o cerco a produtos japoneses está muito forte na alfândega. E eles são incoerentes no imposto que pedem, não tem nada de 60% não. Acho que eles julgam um preço pro produto bem superior do que ele vale e calculam em cima disso. Infelizmente essa foi minha última tentativa de compra por lá.

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 3 de 41234