17
outubro
2017

Ouvir música no banho (sem quebrar o celular)

Postado por Ana em Tech

Eu sou um ser muito musical. Amo música com todas as minhas forças. Ouço o tempo todo, canto (desafinada) o tempo todo. Assobio. Enfim, vocês entenderam né? Então obviamente eu quero ouvir música durante todo o meu tempo livre e isso inclui o momento mais relaxante do dia: BANHO! Na minha adolescência a história era sempre a mesma. Eu e minha irmã sempre levávamos o rádio (daqueles com toca-CD) pro banheiro e de meses em meses eles paravam de funcionar. Foi tipo um genocídio de rádios (custei a perceber que a vilã era a umidade). Talvez por isso eu tenha ficado anos sem ouvir música no banho – medo da umidade quebrar o celular.

Daí em abril de 2016 tive a nada brilhante idéia de levar meu celular para o banheiro durante o banho no melhor estilo “que mal tem?”. Pois tem. Um mês depois o home button do iPhone parou de funcionar e eu não acho que foi coincidência. Há uns meses estava pensando nisso! Fui das últimas pessoas a ter um serviço de assinatura de músicas (me julguem mas não sabia o quanto era bom) então tenho o Apple Music desde março. Me divirto horrores com ele, faço listas de músicas, ai, muito bom. E o sonho era poder ouvi-las no banho também. Pensei “não é possível, tem que existir algo próprio pro banheiro, à prova d’água“. Pensei em princípio em alguma proteção pro celular. Sei que tem celulares mais avançados que o iphone nessa área, mas enfim, não pretendo trocar.

E não é que tinha um mundo desses alto-falantes? Como eu estava por fora! Pesquisei muito, li reviews e me decidi por esse da Hydro Beat . Custou 35 euros e pagaria até o dobro. Compra boa é compra que a gente usa, né? Mostrei rapidinho como funciona:

Prendo bem do lado do chuveiro mesmo, para eu poder mudar de música sem deixar o boxe. Eu uso a ventosa para prendê-lo e até hoje não saiu sozinho. Ele também dá para usar na piscina por exemplo. Eu conecto rapidíssimo via Bluetooth com o meu celular, que fica em qualquer parte da casa, beeeeeem longe dos vapores&calores do banho. A qualidade do som é completamente satisfatória. Eu tento enxugar de leve com a toalha no fim do banho por medo de mofar, mas até agora nem sinal de mofo. E se esqueço de conectar com o celular uso a função de rádio. Ele carrega via USB no computador mesmo, mas comigo a bateria dura bastante. Meu banho não é demorado e dura umas 3 músicas – e dura tipo 1 mês e pouco a bateria. A única coisa que eu mudaria é o botão de “>>” que é dividido com o de volume e às vezes quero mudar o volume e acabo mudando de música e vice-versa. Os botões também poderiam ser mais macios. Mas estou bem satisfeita, por isso quis dividir a dica.

Espero ter ajudado alguma musicólatra que me segue por aí!

Beijos

11
outubro
2017

Minha nova câmera de viagens: Canon G7X Mark II

Postado por Ana em Tech

Não sei se já comentei isso antes, mas tenho muita mania de fazer videozinho de recordação para viagens, principalmente as em família! O primeiro que fiz foi em 2006 com o Windows Movie Maker e todos até hoje meio que viram “clássicos de família”! Eu estava tendo certa dificuldade, porque até tenho um camcord de fazer vídeo (a que uso para filmar aqui em casa, tá velha mas adoro), mas ela é só para vídeo, além de não ser muito compacta. Daí se queria fotos boas tinha que levar minha DSLR da Canon pesadona também. E como eu sou a única da família e amigos que liga para registros fotográficos, eu meio que rodava para carregar esse peso todo por horas. Fora que tirar uma câmera, guardar e pegar a outra é chato demais, né? Confesso que se eu não gostasse tanto de filmar, estaria satisfeita com a câmera do celular.

Maaaas foi por isso que pensei em comprar uma dessas famosas “câmeras de vlog”, que são câmeras leves mas com a lente potente. Pesquisei muuuuito, li mil reviews e acabei optando pela Canon PowerShot G7 X Mark II .

Para mim o mais importante era um foco automático relativamente rápido. A título de exemplo da funcionalidade, todas as fotos e vídeos de NY e Barcelona foram feitas com ela. E eu sou uma usuária normal, zero metida a fotógrafa, coloco muito no modo automático e está bom assim. Essa câmera é meio “last season“, não é mais novidade – e por isso mesmo se encontra com um bom custo-benefício (não quer dizer barata, mas tipo custa metade de Sony RX100 5 e para mim já está boa demais), até porque investir em câmera é furada, logo no ano seguinte já perdem muito o valor. Comprei a minha na Amazon neste link aqui e acho que valeu cada centavo. Não faltam reviews na internet, mas meus maiores pós e contras:

O que amei:

– Nunca tive câmera nenhuma que faz imagens noturnas tão bem como essa

Essa foto foi tirada em um breu completo, mas a câmera arruma luz não sei de onde, haha

– É leve e prática e muito rápido de alternar entre foto e vídeo
– Faz fotos em RAW (tem que ser, para poder ajeitar luz, etc, no Photoshop)
– O foco automático é rápido (mas o da minha câmera de vídeo é mais rápido, estava mal acostumada)
– A câmera tem wifi embutido – a conectividade com o celular é muito rápida e prática através de wifi – é muito prático, você faz a foto e já manda pro seu celular, pode compartilhar no instragram, whatsapp, etc!
– Gosto que o visorzinho levanta, o que facilita auto-retratos(“selfies”)

O que poderia melhorar:

– Se desse para tirar foto olhando através de um quadradinho seria ótimo. No geral não é um problema, mas em situação de muitíssima luz (dia de sol na praia) fica meio difícil de ver a tela.
– A bateria dura um dia intenso de fotografias, mas no dia seguinte já não vai rolar. Então isso é beeeeeeem menos do que dura a bateria da minha DSLR. Para usuários que fotografam loucamente, convém levar baterias extra!

Bom, é isso! Qual câmera vocês usam para viajar?

Beijos!

31
janeiro
2017

Usar o celular sem tirar as luvas – finalmente!

Postado por Ana em Moda, Tech

Eu nunca gostei de usar luvas. Prefiro manter as mãos no bolso do casaco quando necessário. Mas a ironia da coisa é que as situações nas quais eu realmente precisava das luvas era quando eu também precisava do celular. Turistando, por exemplo. Preciso olhar mapas, informações, apps de metrô e, claro, tirar fotos. Daí a cena era a mesma: eu acabava sempre igual ao Michael Jackson, com luva só em uma mão, kkkkk! A outra ficava no bolso, ou pior: eu segurava a luva da mão direita com a mão esquerda – ou pelo menos achava, né? O tato vai embora e quando eu tinha certeza que ainda estava segurando a bendita, na verdade ela já estava muitos metros atrás. Em Colônia, Paris, Berlim e até mesmo no Campo de Concentração em Dachau (perto de Munique) – contei inúmeras vezes com bo’almas que traziam minha luva caída de volta para mim.

michaelluvaeu nas viagens

Sempre achei luva com propriedades “touch” uma coisa meio de junkie de tecnologia. Tipo fala sérioooo a pessoa não consegue ficar uns minutos longe de celular. Mas vejo o quanto fui ingênua. Essas luvas são ótimas! Comprei as minhas “Spandex Touchtech Woman” de uma marca bem tradicional de luvas, a Roeckl – ela é de couro e o revestimento de dentro é normal, poliéster, mas para minha supresa é mais quentinha do que a “luva normal” que eu já tinha.

luvas1
luvatouch

Eu não quis pagar preço de banana para ficar congelando e não usar. Comprei na Kaisers por 79,90 euros. Na verdade, a luva mais quente que eu tenho é a que comprei pro esqui, mas ninguém merece ficar com mão de goleiro no dia-a-dia, né? Confesso que tenho uma quedinha pelas luvas da UGG (a marca das famosas botas) – e sei que eles fazem luvas touch também. Quem sabe ano que vem? Eu tenho comprado uma coisa de inverno por categoria por ano! 🙂

handschuh2

Vi na internet uns do-it-yourself de fazer qualquer luva virar touch, meio que costurando um asterisco metálico no indicador. Mas convenhamos, muito marmota! O legal da luva para touch screen é que o aspecto é totalmente normal, mas o couro/lã da ponta são especiais e de alguma forma são reconhecidos como dedos. Claro que antes de comprar eu as calcei e saquei meu celular para testar. Funciona direitinho e sem esforço, com todos os dedos. Aliás – calçar as luvas e vestir as calças : mistérios do português.

Super aprovei minhas luvas da Roeckl! O legal é que vou usá-las muito em uma viagenzinha daqui a 3 semanas! 🙂

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 1 de 41234