23
fevereiro
2011

Luz Intensa pulsada (IPL): na prática

Postado por Ana em Pele, Saúde

Existe algo que eu já havia percebido há séculos mas, teimosa como sou, insistia: creminho não tira manchas. Quer dizer, pelo menos não as melanoses solares, manchas causadas pelo sol. Se eu for $omar tudo o que já gastei com cremes manipulados e da La-Roche Posay, dava para fazer mil tratamentos melhores ! Ai, que raiva.

Pesquisei muito sobre tratamentos mais eficazes (daí, caros) para dar uma amenizada e/ou sumida nas minhas manchinhas. Apesar de minha dedicação incrível ao uso de protetor solar, minha pele mancha muito fácil. Genética, né… 🙁 Quem lê o blog também sabe do meu problema com as olheiras.

Verdade seja dita: há muitas promessas, mas para olheiras não existe milagre. Principalmente se forem aquelas causadas por aumento da pigmentação local, adivinhe, por questões genéticas. Aí, girls, não há noite bem dormida e creminho que resolva. E é o meu caso

Resolvi então unir os dois “pobrêma” em um tratamento só: a luz intensa pulsada (IPL) – no meu caso foi usado o IPL Quantum SR . Na verdade não é um laser propriamente dito, apesar de ter surgido do mesmo princípio deste.

O IPL tem uma gama de diferentes comprimentos de onda, o que permite sua aplicação para vários fins: rejuvenescimento facial, olheiras, manchas, pequenos vasos, alguns tipos de cicatriz de acne, etc. Só um adendo: fiz a primeira sessão e virei motivo de chacota: todo mundo me perguntando quem me bateu. :laugh:

Não tenho coragem de mostrar tudo, mas é por aí: a área das olheiras está preta, todas as “pintinhas” estão mais escuras, e estou com marcas parecendo que um pneu passou por minha cara. Eu nem ligo muito, já que não tenho nenhum evento social importantíssimo por esses dias. Fora que sei que estarei com a pele muuuuito melhor daqui a uns 10 dias! 😉 Coloquei meus óculos-de-mulher-feia para disfarçar e fui trabalhar normalmente.


Eu disse que para olheira não tem milagre porque sei que o tratamento não vai me deixar com pele de photoshop rsrsrs Longe disso ! O que espero ao final das sessões é uma clareada das olheiras, que com certeza terá prazo para acabar. Para este fim, o IPL deverá ser reaplicado com o tempo, por exemplo, anualmente.

Dói? Sensibilidade dolorosa é uma coisa polêmica e individual. Então vou falar da minha experiência: A IPL nas manchinhas dá mais um sustinho do que dói. Perfeitamente tranquilo. A aplicação na região das olheiras é mais chatinha, mas também tranquila. Eu tive muito problema foi durante a primeira hora após o procedimento: muito, muito ardor. Fiquei 20 minutos com a cara no ventilador… kkkk Isso porque tinha usado creme para diminuir a ardência. Depois de uma hora foi passando e ficou tranquilo.

Quantas sessões? Não tem como prever, vai em média de 3 a 6, com intervalo de cerca de 1 mês entre elas. Nestes intervalos, o seu dermatologista vai avaliando o resultado e, junto com você, determina a necessidade de fazer mais.

Preço: também varia muito. Aqui em BH, uma sessão com profissional médico qualificado sai em média 350 reais. Desconfie de preços muito abaixo desse valor (afinal, um aparelho desse não sai por menos de 50 mil mangos) e pesquise sobre o profissional. O mais apto a indicar o tratamento e contornar possíveis complicações é o médico dermatologista.

Cuidados: O protetor solar já deve ser obrigação, mas se você fizer qualquer tratamento de pele para manchas tem que fugir do sol igual o diabo foge da cruz. Use protetor, sombrinha, chapéu, óculos, burca, tudo o que puder para te proteger do sol ! Além disso, seu dermatologista poderá complementar o tratamento com alguns creminhos (agoooora, sim). 🙂

E aí? Alguém já fez? Depois continuo contando mais!!

Beijos!

26
agosto
2010

Botox profilático – vai encarar?

Postado por Ana em Pele

As injeções de Botox são amigas inseparáveis de várias mulheres já há algum tempo. Sabe aquela sua amiga, vizinha, prima? Elas podem ser usuárias de Botox e você nem imaginar ! hehe

Clique AQUI para continuar lendo!!

05
julho
2010

Melani D, da La Roche-Posay: quase ruim

Postado por Ana em Maquiagem, Pele, Saúde

Bom, manchinhas no rosto afligem todas as mulheres, principalmente nós de país tropical. Para algumas das minhas manchinhas/sardinhas no rosto resolvi usar o Melani D da LaRoche-Posay pelo seguinte motivo: o composto que ele usa para diminuir as manchas é o ácido Kójico. Este ácido em contato com o sol não piora as manchas, então pode ser usado de manhã. Pois bem, usei religiosamente o produto por 4 meses, sem um dia de falha sequer !

Vantagens: Ele tem FPS de 15 e não atrapalha a maquiagem que virá depois. Ainda assim eu usava um FPS 60 em cima… hehe Onde não existem sardinhas ou manchas ficou com um aspecto homogêneo, “pós-banho”. Sabe aquela “cara limpa”? Pois é…

Desvantagens: além do preço abusivo (é muito caro para o tamanho), ele não removeu/clareou nem meia mancha, ou seja, não cumpriu o que prometeu.

Resumindo, eu não vou comprar de novo, prefiro usar o dinheiro para fazer um tratamento a laser. Contudo, se me derem eu continuo usando regularmente, pois gostei do efeito “homogeneizador”. 😀

E vocês, já usaram o produto? O que acharam?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 7 de 812345678