19
abril
2011

Produtos que prometem “bombar” os cílios – comparações, dicas, etc

Postado por Ana em Olhos

MEGA POST ALARM! Já que, de vez em quando, me pedem a opinião sobre alguns desses produtos, resolvi fazer uma pesquisa e resumir aqui informações sobre os mais famosos além de, claro, dar pitacos. Deu um trabalhinho bom viu, rs… Todos os produtos abaixo devem ser aplicados com cuidado e em pouca quantidade, para que não caiam “dentro dos olhos”. Let’s go !

1) Latisse

O Latisse é o mais famoso, né? Tanto que já postei sobre ele aqui. Não sei se não fui muito clara naquele post, mas em resumo minha opinião é a seguinte: Allergan é empresa séria, e usar produto aprovado pelo FDA não é em geral atitude irresponsável. Eu não usaria porque acho os raros efeitos colaterais inaceitáveis em prol de um efeito que, no meu caso, obtenho bem com rímel e curvex. Até porque, se parar de usar, já volta tudo como era antes. Quem quer ficar usando isso a vida toda?

Promete: cílios mais cheios, longos, hidratados
Tempo para início dos efeitos: mínimo de 8 semanas
Intervalo de uso: diário
Aplicador: pincelzinho tipo delineador
Resumo da composição: a base é o bimatoprosta, uma prostaglandina que tem o crescimento de pelos como efeito colateral.
Prós: aprovado pelo FDA; efeitos significativos no comprimento dos cílios.
Contras: possui alguns agentes que podem ser irritativos, como benzalcônio. Possíveis efeitos colaterais incluem escurecimento da área de aplicação (comum) e mudar permanentemente pigmentação da íris (raro) . Assim que o uso é descontinuado os cílios voltam a ser como eram, quase imediatamente.
Preço médio: 120 dólares
Observação: É importante só usar com prescrição médica e acompanhamento.

2) Idol Lash

Promete: aumentar comprimento, força, espessura e hidratação dos cílios.
Tempo para início dos efeitos: 2-4 semanas
Intervalo de uso: diário
Aplicador: pincel tipo delineador
Resumo da composição: é mais natureba: vitaminas, proteínas, hidratantes.
Prós: 82% de satisfação em pesquisa clínica; menos irritativo, especialmente para as mais sensíveis e quem usa lente.
Contras: ?? Imagino que o crescimento não seja tão expressivo como do Latisse, apesar de muitos ficarem satisfeitos com o produto.
Preço médio: 50 dólares

3) Mavala Double Lash

A Mavala adquiriu fama entre nós graças ao aclamado fortalecedor de unhas.

Promete: cílios mais longos e grossos.
Tempo para início dos efeitos: 2-3 semanas
Intervalo de uso: diário
Aplicador: escovinha tipo rímel
Resumo da composição: mais natural, um mix de proteínas e hidratantes.
Prós: preço mais acessível, pode usar nas sobrancelhas.
Contras: como esses produtos sempre caem um pouquinho no olho, pode ser irritativo, especialmente nas mais sensíveis. Os efeitos são vistos, em geral, em tempo mais longo do que as 3 semanas prometidas.
Preço médio: 20 dólares

4) Revitalash

Promete: cílios mais fortes, longos e cheios.
Tempo para início dos efeitos: 3-10 semanas
Intervalo de uso: diário
Aplicador: escovinha tipo rímel
Resumo da composição: contém elementos um pouco mais “pesadinhos” como ácido cítrico, que pode ser irritativo. Além disso contém um análogo da prostaglandina, no estilo do Latisse..
Prós: também pode ser usado nas sobrancelhas! Parte da grana de vendas vai para pesquisas de câncer de mama.
Contras: além de poder ser irritativo para mais sensíveis, contém fenoxietanol, conservante polêmico de uso proibido em vários lugares.
Preço médio: 120 dólares
Observação: ao meu ver, este é o que tem o maior potencial de dar um BOOM nos cílios. Só que também tem maior potencial de dar um BOOM no olhos; sugiro só usar com indicação e acompanhamento médico.

5) L’Oreal Lash Boosting Serum

Promete: mais volume e comprimento.
Tempo para início dos efeitos: mínimo de 4 semanas
Intervalo de uso: duas vezes ao dia 🙁
Aplicador: escovinha tipo rímel
Resumo da composição: basicamente aminoácidos e extratos de plantas.
Prós: serve como primer para rímel.
Contras: como o serum seca rápido, a aplicação é mais difícil, pois tem que ser feita rapidamente. De todos os que eu citei foi o que apresentou menor satisfação em relação aos efeitos. Estes foram ausentes ou mínimos na maioria das pessoas. Além disso, pode causar irritação em olhos sensíveis.
Preço médio: 11 dólares
Observação: para mim, é o pior custo-benefício dentre os citados.

Destes, achei que o Idol-Lash oferece melhor custo-benefício. Não acho que o efeito deva ser lá grandes coisas, além de, obviamente, só durar enquanto o produto for utilizado. Só que me parece ser o mais seguro. Já para as sobrancelhas, não seria nada mal testar o Revitalash, né? As minhas são tão carequinhas ! 🙁

Como sempre, cuidar da alimentação e beber muitos líquidos. Não vejo sendo muito alertado por aí, então o farei aqui: evite usar continuamente rímel à prova d’água. Prefira os solúveis em água no dia-a-dia… Remova tudo muito bem à noite, com cuidado para não arrancar os cílios. Só para lembrar: o comprimento e densidade dos cílios são determinados geneticamente, mas tomando os cuidados acima você garante ter os cílios mais saudáveis que sua genética permite.


Quem já usou, dê pitacos! Beijocas !

27
março
2011

Bonitinha sim, bonitinho não

Postado por Ana em Olhos, Saúde

A minha vida inteira eu chamei de terçol, alguns pacientes me ensinaram que se chama “bonitinho“. Já os livros preferem chamar de “hordéolo externo”. Como você chama não faz diferença, mas é fato que o hordéolo/terçol/bonitinho é uma pedrinha no sapato de muita gente.

Nós temos glândulas que produzem “sebo” que estão associadas aos cílios nas pálpebras. Às vezes elas “entopem”, gerando inflamação ao seu redor e aí algumas bactérias fazem a festa. Surge aquela bolotinha vermelha e feiosa que dói e só melhora quando drena o pus. A “bolotinha” é um pequeno abscesso de um folículo piloso e recebe o nome de hordéolo externo. É por isso que o melhor tratamento é simplesmente fazer compressas mornas. As pessoas não gostam de ouvir isso, porque querem um medicamento mágico, né? rsrsrs Jamais esprema um hordéolo, tampouco o fure. Furar um hordéolo é conduta de exceção, e deve ser somente feito e indicado por oftalmologistas. Uma propagação de microorganismos a partir desta área pode levar a quadros encefálicos gravíssimos. E o que era um probleminha vira um problemão!

O chato é que, pelo fato de algumas pessoas apresentarem maior produção oleosa nesta área, o hordéolo tende a ser recorrente. Para diminuir as recidivas, duas coisas são importantes:

A primeira dica é para todas: jamais dormir com maquiagem nos olhos. E olha que tirar rímel não é fácil não, viu? Na maioria das vezes parece que tiramos tudo, mas no banho do dia seguinte é que você vê que ainda tinha. Então, attention ! O resto de maquiagem ajuda a entupir a saída das glândulas e pode facilitar uma inflamação.

A outra dica é para quem já sofre com o “bonitinho”: Lavar as pálpebras todo dia, de preferência ao dormir e ao acordar. Isso deve ser feito com xampu de bebê diluído. Sim, porque se você não diluir e cair muito no olho ele arde sim, haha.. Dilui-se uma parte de xampu para três partes de água.

Se você já foi diagnosticada com hordéolo recorrente, aproveite essas dicas. Senão, não tente adivinhar diagnóstico em olho, pelamor, vá ao médico.


Beijocas!

09
fevereiro
2011

Conjuntivites (e como não pegar)

Postado por Ana em Olhos, Saúde

Acho que todo mundo já ouviu falar de conjuntivite, né? Várias leitoras com certeza já tiveram pelo menos uma vez e sabem como é chato ! Coceira, olho melequento, grudado, vermelho, sensação de areia… Fora que maquiagem nenhuma disfarça a aparência feia da mesma – fica todo mundo com carinha de Amaral. kkk

Conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, que é uma membrana transparente que reveste a superfície interna das pálpebras e parte da superfície do globo ocular. É quadro extremamente comum.

Existem vários tipos de conjuntivite, mas as mais comuns são as virais, as bacterianas e as alérgicas. Clique AQUI para continuar lendo (obs: há imagens)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 6 de 71234567