10
agosto
2012

Cadê meus acessórios?

Postado por Ana em Crônicas cosméticas

Se você me encontrar andando pelas ruas, há de ter uma decepção-fashion: cadê os acessórios da garota? Maxi-colar, pulseiras, anéis de falange, de polegar, de mindinho, tornozeleira, braceletes, brincões, etc? É a maior dificuldade que eu tenho, confesso. Identifico esses penduricalhos como não-self, fico reparando que estão lá o tempo todo e não consigo relaxar. :laugh: E acabo tendo pouquíssimos também, cabem todos num mini-espaço do armário.

Para começar, só gosto de brinquinhos (lembram?) – isso não vou nem quero mudar. Em relação aos anéis, acho pouco prático (tem que tirar para lavar a mão) e gosto de reservar minhas mãos totalmente anel-free para uma possível aliança (abafa…kkk). Colar eu até gosto, mas daqueles que a gente coloca e nem tira, de correntinhas bem delicadas, com um pingente. Fico com o mesmo até quebrar (foi o que aconteceu com o fecho do último, snif). Cintos, só tenho dois! E pulseiras – ô coisa terrível, ficam sacudindo, fazendo barulho, encostando nas coisas. Bom, mas estou sempre de relógio – mais pra utensílio do que accessoire, né?

Estou justificada? Mas juro que vou tentar vencer essa neurose e usar mais acessórios, principalmente pulseiras e colares. Eles realmente deixam a mulher mais chique! Wish me luck. Alguém aí também é assim, ou posso acompanhar mais de perto o Curiosity pra planejar minha mudança pra Marte?

Beijos!

26
julho
2012

Caos sapatístico, ou : como eu quase fiquei descalça mesmo trazendo 6 sapatos

Postado por Ana em Crônicas cosméticas

Eu devia estar meio “cheirada” de acetona ao fazer as malas, só pode. :laugh: A logística de sapatos foi incrivelmente falha! O que eu trouxe:

  •  Dois sapatos de salto altíssimo para possível evento chique (que na Alemanha simplesmente não existem kkkk)
  • Tênis de corrida (a botinha de trekking já estava aqui)
  • Dois sapatos “flat” (sem salto) sendo um o cap toe “Chanel inspired” da linha Classic da Arezzo e um que já tenho há mais tempo, nude, da Carmen Steffens.
  • Querida botinha preta super confortável (usei aqui).

Daí foram desventuras em série:

1) Eis que o sapato da Arezzo foi extremamente desconfortável para mim. Já tinha percebido isso em alguns testes pelas ruas de BH. Ele estava confortável ao longo do pé, mas tinha algo arranhando no calcanhar. Achei que o meu calcanhar ia se queratinizar mais (usei algumas vezes, um pouquinho) e acostumar com o sapato. Engano! Bastaram alguns quarteirões aqui para completamente destruir meus calcanhares – bolhas e o diabo. Tive que usar milhões de curativos high-tech para não destruir minhas esperadas andanças pelos Alpes.

2) O sapato da Carmen Steffens que era super confortável, de uma hora para outra cedeu completamente e deixou de servir no meu pé direito. Que tortura ficar andando por Munique arrastando a perna direita como se tivesse alguma paralisia (pro sapato não ficar pra trás).

3) A botinha preta eu simplesmente esqueci na casinha alugada. Vê se pode um trem desses? Chequei o lugar todo para ver se não estava esquecendo de nada, a não ser por um lugarzinho insignificante chamado ARMÁRIO. :laugh: Esqueci a botinha e uns vestidos !

4) Os saltões – sem comentários – não dá pra usar por aqui e eu já devia saber disso após 13897128931 viagens à terra da salsicha. Você sai com um saltão na rua e, além de andar igual uma pata choca e desconfortavelmente, fica todo mundo te olhando como se fosse um ET. O tênis é meio trambolhudo, não fica bom nem com jeans, é mais pra roupa de ginástica mesmo (e só corri UMA vez kkk).

Conclusão? Estava sem sapato para usar e tive que ir comprar a única coisa que não gosto de comprar no exterior – sapatinhos aqui são caros e feios, na minha opinião. Por isso fui na H&M, onde pelo menos são baratos. haha Fica a dica, não caiam nos mesmos erros que eu, ó discípulas. :laugh:

P.s: fui pra Londres hoje! Vou ver o nosso volei feminino jogar, oba! E também consegui entrar na lista pra visitar a vila olímpica ! Espero ter mais sucesso nas minhas postagens no Instagram, vou tentar comprar um chip no aeroporto. Sigam @tinabeatles. !

Beijos!

05
julho
2012

Diário de uma Cafeinólatra (parte 3)

Postado por Ana em Crônicas cosméticas

Gostaria de dividir com vocês algumas “conquistas pessoais” desde que me propus a largar a cafeína:

1) Praticamente abandonar a televisão
2) Estudar e ler mais
3) Deixar de comer bobagens em dias úteis
4) Ir com frequência à academia
5) Aprender a gostar de exercício físico
6) Comer salada todo dia
7) Rehab de internet (acreditem)

E meu escape para conseguir todas essas coisas????

:laugh:
Mas calma, gente, é só uma batalha. A guerra continua!! Sigam acompanhando a saga e torçam por mim…. :laugh:

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 9 de 18567891011121314