12
outubro
2011

Noite de Raclette

Postado por Ana em Ana de Casa

A Raclette é um prato suíço nomeado por causa do queijo que é originalmente usado no seu preparo (o queijo raclette). Existe máquina para fazer raclette e, assim como o fondue, é ótimo para comer com os amigos, namorados, enfim, com companhia à mesa. É tudo muito simples, portanto a racleteira não é obrigatória, pois dá para fazer tudo em uma frigideira anti-aderente (assim como dá pra fazer o fondue numa panela na cozinha, mas aí não tem muita graça né?).

O ideal é usar queijo tipo raclette. Se não tiver, pode escolher outro, de preferência um que tenha um gostinho próprio, senão fica sem graça. Sugestões: moleson, emmenthal e gruyere. Nesta última vez não achei o queijo raclette no supermercado e fiz com um queijo suíço meio diferente (esqueci o nome).

Basta separar os ingredientes que você quer usar para fazer a raclette. Salsichinhas, cogumelos, cebola, calabresa, bacon, pepino, abacaxi, batatinha… Aí você cobre com fatias do queijo em cima e coloca na racleteira! Aguarda um pouquinho (enquanto papeia e toma vinho tinto HUUUM) e pronto.

Eu amo raclette! Só que … BUUUUM!! É uma bomba calórica isso aí, comida pra “de vez em quando”… hahaha

Algumas lojas online que vendem racleteira: shoptime, submarino, americanas, etc.

Vocês já comeram??

Beijos!!

22
agosto
2011

Fondue de queijo – me rendi às caixinhas

Postado por Ana em Ana de Casa

É sempre bom poder dizer “ahhh, esse prato eu fiz todinho“. Comida toda caseira tem um “quê” de especial, né? Pensando nisso fui fazer um fondue de queijo todo from scratch, há uns 2 meses (quando estava friozinho). As receitas internet afora são todas bem equivalentes, como esta aqui do Panelinha. Comprei os queijos separados ($$$$), o vinho branco, fécula de batata, etc. Só não comprei o Kirsch (aguardente de cereja), pois custa 100 reais a garrafa. Com esse dinheiro como um fondue de primeiríssima no Chalezinho haha O resultado foi que virou um borrachão nojento na panela. Até twittei sobre isso na época, olha:

Jogar 1 kg de queijo fino no lixo é de moer o coração de qualquer mortal ! 🙁 Pesquisando no Google para descobrir o porquê do fracasso, vi que tem um milhão de poréns para os tipos de queijo, que tem que ser queijo feito do leite das vacas suíças que usam sininho, que se for das francesas não dá certo e blablabla! A panela tem que ser de pedra esculpida nos alpes por um legítimo suíço que usa peninha no chapéu e tal. Fala sério! :laugh: Apelei e comprei o de caixinha mesmo.

Agora sou oficialmente partidária do Fondue de caixinha. Esse da Tirolez é uma delícia. Cabe a você dar um toque especial: esfregar o alho no réchaud, adicionar vinho branco seco, pimenta e noz moscada (e até o Kirsch, se tiver). Fica uma delícia e pronto rapidinho. E bem mais barato !!! Uma caixinha dá para 2 pessoas. Outra marca que eu gostava mas não compro há um tempão é a Campo Lindo!


Beijos
!

08
agosto
2011

Dica – tira manchas da Vanish

Postado por Ana em Ana de Casa, Dicas

Este produtinho é muito bom para o que promete – tirar manchas de molho, café, sangue, vinho… Testei com manchas de todas essas coisas, e removeu até as mais antigas. O efeito é melhor em manchas recentes – sai rapidinho.

Infelizmente não funciona para tirar mancha de caneta (mas ele não promete isso). Tinha um sprayzinho genérico do lado deste no supermercado que prometia tirar manchas de caneta – como Vanish é mais famoso, acabei levando ele no lugar, achando que funcionaria para este fim. Se eu encontrar o outro de novo, compro pra testar. Aliás, mancha de caneta em roupa já é impossível – em couro então é uma saga.. 🙁


Custa 7 reais no Carrefour!


Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 13 de 14567891011121314