09
setembro
2013

Remover mancha de caneta de tecido – é possível!

Postado por Ana em Ana de Casa

Tem duas “manias” minhas que não se dão: a primeira, é perder tampa de caneta. A outra mania é levá-las no bolso (no trabalho). Não dá outra, eu sou a verdadeira Dra Jaleco-Sujo.

manch1

O problema é que não conseguia tirar. Pedi dicas, tentei tira-manchas de marcas famosas… Lembro que há 15 dias fiquei uma hora esfregando as linhas de caneta com cotonete embebido em álcool, usando água morna. Após tentar muito, conseguia um aspecto razoável. Mas quem se dispõe de uma hora pra lavar um jaleco? E não, não tenho empregada e agora que eu e meu pai fomos “demitidos” por duas diaristas seguidas (vinham e sumiam do nada), resolvemos dar um tempo e fazer nossas próprias tarefas de casa.

manchprodu

Paralelamente, minha irmã descobriu há alguns meses na Distribuidora Triângulo um removedor de manchas genérico que ela falou que era tudo de bom. A marca se chama Limpeza Verde, e vende online no site da marca. Eu realmente não acreditei que ele pudesse funcionar com canetas, por isso demorei tanto a testar. Mas não é que funciona?

manch2

É um bastão tipo cola Pritt grande. Você molha a mancha com água fria, aplica o produto em 10 passadas. Aí dá uma esfregada pro produto penetrar bem. Aguarda 10 minutos e esfrega na água fria. Se por um acaso não sair tudo, repita. Parece muito trabalho mas pra tirar caneta esferográfica de roupa isso é um mini mini mini trabalho. Custou 12 reais.

manchfinal

O meu ainda sobrou um pouquinho da tinta, até que dá pra sumir 100%, mas tem que esfregar um pouco mais. O produto é o melhor que já vi do gênero, mas não é mágica viu? Eu só testei com caneta, mas diz minha irmã que tira tudo, até mau olhado... hehehe

P.s: infelizmente, ainda não encontrei solução para manchas de esferográfica em couro, algo que busco desde os primórdios do blog, lembram?

Beijos

11
julho
2013

Bookshelf porn!!

Postado por Ana em Ana de Casa, Livros

Qualquer pessoa razoavelmente letrada gosta muito de ter um cantinho “ajeitado” para os seus livros, não é? Comigo não é diferente, vira e mexe eu me pego admirando os livros aqui em casa. Quando são novinhos eu até fico cheirando. #alouca Não vou ter aquele espação pra uma mega biblioteca na minha casinha de newly wed, mas já dá pra ficar sonhando com esses espacinhos, viu? Porque, acreditem, vou levar MUITOS livros. Aí, querendo ter idéias, descobri este site “Bookshelf Porn“, algo como “pornô de prateleiras de livros“. São fotos e mais fotos de escritórios mundo afora. Fora o nome, que é o máximo, achei legal pra sonhar um pouco. Porque no fim das contas, vou acabar com mais um móvel baratex da Ikea. kkkkkk

books1

books2

books4

books3

books6

Lindas, né?? Tirando essa do banheiro, que é interessante, mas imaginem o que a umidade pode fazer? haha.. Mudando de assunto, tô indo pro Rio pela primeira vez, acreditam? Mineira fajuta… Me sigam no Insta pra verem minhas fotinhos (@tinabeatles). Cariocas, deixem dicas!

Beijos da bookworm!

03
abril
2013

Salada no Pote (“Salad in a Jar”)

Postado por Ana em Ana de Casa, Dieta

Queria falar disso há algum tempo, agora que estou de férias tive um tempinho pra escrever! Eu já nem sei mais como, em minha perambulações internéticas, fui parar no ótimo blog de culinária/dicas Salad in a Jar.

Mas fato é que com ele aprendi uma coisa muito legal! Você prepara a alface e deixa prontinha e fresquinha pra semana inteira. É uma mão na roda pra quem não tem tempo (oi) e quer comer salada todos os dias. Ela também ensina sobre os molhinhos, complementos, que você pode deixar separados, e levar na sua frasqueira pra onde for. Encher a barriga de alface antes da refeição principal é também ótima estratégia pra quem está de dieta. Vou falar aqui só do principal, a “salada no pote”!

Pra começar, você pode até tentar com outras coisas, mas a coisa toda funciona mesmo é pra alface. Não sei o que acontece se misturar com outros vegetais. O princípio fundamental da coisa é usar vácuo! Você deve escolher a alface de sua preferência (eu gosto da Romana ou Americana), lavar como de praxe, picar como prefere e secar bastante, com aqueles rodadores de salada. Aí você coloca no pote de vidro, deixa o vácuo e deixa na geladeira. Se estavam frescas mesmo, duram crocantes e sem escurecer até 9 dias! Fora que evita o desperdício, já que com uma alface encho 4 potes.

Foi um pouco difícil adaptar o hábito à minha realidade brazuca, pois a tia é americana da gema, e pra ela algumas coisas foram taken for granted. Pra começar:

O pote

Não é o nosso pote comum. Eu tive que ver o vídeo e dar vários pauses para entender o tipo de pote de vidro que ela usa, pois nem entrou em detalhes. São os Mason Jars, tão corriqueiros nos EUA como pão-de-queijo em Minas. A diferença é que eles não têm a tampa única. A tampa é uma parte redonda lisa, ao redor da qual você coloca um anel, então por si só são potes mais selantes que os normais. Esse tipo de pote é fundamental pra fazer o vácuo, porque senão o adaptador não encaixa direito. Quando procurava no Google, li eles existem na Casa Triângulo e já foram vistos até no Extra. Como queria gastar pouco, fui direto à fonte americana, Amazon.com e comprei logo uma caixa enorme com 12 potes de boca larga (mais fácil de colocar a alface) da Ball, aliás super chamorsinhos “coisa americana dos anos 50” hehehe. Mandei entregar na Alemanha e levei uns pra BH. O que ela usa nos vídeos é gigante, dignos de alimentação bovina, então pra mim os menores já bastam de alface por dia!

O Vácuo

Aí existem mil opções de Vacuum Sealers. Tem aquelas máquinas meio caras, que algumas de vocês devem ter em casa. Quem já tem, só precisa comprar o adaptador pra boca larga (a máquina deve ter a saída pro adaptador). Mas boa mesmo foi a dica de comprar um mega econômico e portátil da Food Saver, até porque eu nem uso vácuo pra outras coisas. Só é meio chato de carregar (demora) e é pra 110V, o que é ok em BH, mas aqui tive que comprar um outro carregador pra 220V.

Comprei por 17 dólares na Amazon.com. Aí você precisa comprar também o adaptador pra boca larga (wide mouth) ou média, depende do pote que você tem.

Não precisa de cabo, você só tem que encaixar o adaptador no pote já fechado, colocar a maquininha em cima e apertar o botão por uns 10 segundos. Aí você coloca o anel da tampa em seguida.

Resumindo

Você compra a alface no domingo. Lava bonitinho, seca todinho. Corta como quiser e enfia nos potes. Retira o vácuo … e coloca na geladeira. O vídeo americano está aqui!

Meu consumo de salada aumentou 400% depois dessa!! Até aqui na Alemanha, mesmo com o tanto de porcaria que estou comendo, não deixo de comer pelo menos meio pote por dia… :laugh:

* devido a problemas técnicos as fotos são todas de celular, desculpem pela má qualidade

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 10 de 14567891011121314