12
maio
2012

Dicas para o esmalte durar mais!

Postado por Ana em Unha

Pequenas dicas baseadas em evidência (própria, hahaha), para quem está sempre “brigando” com a duração do esmalte. Para começar, acho que tirando a Nfu Oh! (que não dura nada), não acho que a marca seja o fator determinante. Se for, com certeza não são as mais caras que duram mais. Os esmaltes da Chanel, por exemplo, têm uma duração medíocre. Diria que, comigo, os da Colorama são os que duram mais. Seguem as dicas que acho que funcionam:

1) Manter unhas curtas

É a mais efetiva, mas aquela coisa – é igual sugerir abstinência sexual para alguém que quer um método contraceptivo eficaz. :laugh: A maioria das pessoas gostam de unhas mais longuinhas, né? É meio óbvio – se não tem a barriguinha do dedo para encostar nos “obstáculos” antes, o boi de piranha vira a unha, logo, o esmalte descasca mais rápido.

2) Limpar a pontinha

Podem reparar que isso é algo que todas as manicures fazem. Depois que terminam de passar o esmalte e limpar, enrolam algodão no palito e passam na parte de cima das unhas, formando um ângulo reto com as mesmas. Se não tirar, aquilo funciona como uma “pontinha de durex”, vai puxando o resto do esmalte. Então é melhor tirar! Além disso, a lixadinha no topo, para deixá-la bem regular, é fundamental.

3) Passar camadas finas

Essa dica é muito preciosa. Camadas grossas acabam formando micro bolhas de ar entre si e lascam pedações de uma vez. Também, acima de duas camadas, o esmalte tende a durar menos.

4) Evitar banhos muito longos e quentes

Pode reparar que, depois daquele banho quente de uma hora, seu esmalte não é mais o mesmo. Água fria é uma benção para unhas e cabelos – mas ninguém merece!! :laugh:

5) Só lavar a louça com luva

A opção ideal é nem chegar perto de uma pia. :laugh: Se tiver que lavar as coisas, prefira com uma luva, mas mesmo assim o efeito ainda é pior do que a primeira opção. A umidade passa pela luva, então não é perfeito, mas é melhor do que colocar a mão em contato com detergente e água. Lavar roupa, pior ainda!

6) Não usar esmalte vencido

Eu tinha um esmalte perfeito da China Glaze. Aí fui usar esses dias e ele parecia estar ótimo. Só vi a diferença algumas horas depois, quando ele começou a descascar loucamente. Conferi a data de validade e explicou tudo – estava vencido! Infelizmente, a durabilidade mudou completamente.

7) Usar boas coberturas/top coats

O top coat errado pode fazer durar ainda menos (me vem à mente agora o Ultra Brilho da Risqué – lixo). Mas se você usar um bom top coat (eu lembro dos famosos roxinhos da Colorama e Avon) a durabilidade aumenta, e o brilho também.

Essas foram as dicas que me vieram à mente. Se você souber de mais alguma, divida com as colegas! 🙂 Ainda assim, meu esmalte dura no máximo 5 dias, por causa do meu dia-a-dia (muito álcool, sabão, etc). Mas ainda assim é melhor que durar UM, né? 😉


Beijos!

25
abril
2012

Alessandro, estou decepcionada!

Postado por Ana em Unha

Vocês já ouviram falar nessa marca alemã chamada Alessandro? Ela é extremamente idolatrada salve-salve por várias pessoas entendidas no assunto. Desta vez eu fui com sede ao pote e resolvi experimentar 3 produtos de uma vez. Um óleo para cutícula, uma caneta hidratante para cutículas e uma caneta fortalecedora de unha.

Decepção total. Os produtos são caros, cerca de 10 euros cada um, e as canetas já são um lixo porque quase não liberam produto. Como pode? Sou mil vezes mais a caneta hidratante de cutículas do Unha Bonita. Lembro que li que essa caneta brazuca foi inspirada na ponteira alemã. Pois é, a ponteira é parecida mas funciona muuuuito melhor.

Já o outro produto é esquisito, mais parece um gloss de boca, mas que você passa nas unhas. Nada demais…
Se eu dei azar com os exemplares que eu comprei e todos os outros são ótimos? Pode ser, mas isso não costuma acontecer com marcas boas. Nossa, tinha tanto tempo que nao fazia compras tão ruins. Alguém já usou e gostou?

Beijos da inimiga do Alessandro!

31
março
2012

De volta à manicure

Postado por Ana em Crônicas cosméticas, Unha

Lembram daquela época de loucuuuura em relação a esmaltes e unha? Acho que 2009/2010 foi o auge. Pois é, eu participei da febre, comprei milhões de esmaltes (que acabaram doados antes de vencer), aprendi a fazer minhas próprias unhas e praticamente abandonei os salões de beleza. Ao contrário da maioria das mulheres, eu detesto passar uma tarde, quiçá dia, em um salão. Eu adoro sair dele toda arrumadinha, mas as horas lá são intermináveis. Tenho até depressão pré-salão, quando sei que vou fazer algo mais demorado por lá (tipo luzes).

Aí nos últimos 6 meses comecei a ter muita preguiça de fazer as minhas próprias unhas também :laugh:. De vez em quando voltava à manicure, mas me deparei com uma geração completamente despreparada: demoradas (1 hora pra fazer uma mão !!), bifeiras (saía sangrando e mancado toda vez). Ia de salão em salão, incluindo os chiques, e sempre saía igual a Scalett O’Hara (nunca irei à manicure novamenteee!).

Até que finalmente me indicaram uma salãozinho escondido perto de casa. Pequeno, mas com duas manicures ao mesmo tempo, cada uma fazendo sua parte (pé ou mão) em trinta minutinhos, sem cutucadas agressivas em cutículas, em meia hora estava com essa mão de rica aqui, ó:

Esse esmalte é o Garota da Capa da Avon. Para esmaltes dourados, o limite entre o rico e orkutizado é muito pequeno, mas ainda achei esse mais pro rico. Outros esmaltes que acho chiques são o Gelo da Colorama e o Crochê da Impala. Ou então um vermelho bem aberto, tipo o Tomate. É nessa vibe que estou agora, nada de rosa choque nas minhas mãozinhas. :laugh:

P.S: o blog tá muito parado, infelizmente meu trabalho ainda vai ser o cão até julho, mas depois melhora. E como estou entrando em férias onde vou ficar mais parada, vou atualizar mais durante elas…

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 8 de 1845678910111213