21
agosto
2016

Testei: Master Contour da Maybelline

Postado por Ana em Maquiagem

Fui vítima de propaganda de Instagram, pois foi assim que conheci esse produto! 🙂 Na verdade já queria há algum tempo alguma cor escura que desse para eu fazer contornos, jogos de luz e sombra no rosto. As claras eu já tinha: Touche Éclat da YSL, dentre outros iluminadores. Mas pra fazer a parte escura não tinha nada bom: tentei com os corretivos escuros da Kryolan, mas são muito pesados e ruins de espalhar.

maybecontour

O Master Contour da Maybelline vem com as duas cores juntas. Ele não dá pra girar a base, vem só essa parte aparente mesmo. Pelo menos enquanto está novo dá para passar tranquilo cada cor individualmente. Não sei o que vai acontecer depois, já que uso mais a parte escura mesmo. hehehe

maybebastaovonoben

maybebastaowinkel

O meu rosto, aliás, é péssimo pra fazer contorno. Ele é bem oval, de forma que não sobra muito espaço depois do blush, sabe? hahaha Mas sei lá, pra afinar nariz, deixar bochecha mais ossuda. Achei o produto ótimo, assim, não uso no dia-a-dia não. Mas já testei umas 5 vezes antes de sair e realmente dá um contorno legal. Mas ainda não atingi o nível de Samer Khouzami, né? hahhaa Eu passo primeiro a base normal, depois faço os contornos – parte escura onde for pra afinar, parte clara pra realçar. Depois pressiono/espalho um pouco com a esponjinha Beauty Blender.

samerExpectativa: Foto do rei dos contornos, Samer Khouzami

maybecaradesapoRealidade: foto da rainha de falta de jeito, Ana. Tipo brincando de índio, mas ajuda.

Nada que vocês consigam ver aqui, mas gostei! Principalmente pra afinar o nariz. Comprei na DM e custou 8,95 euros. O meu é o Duo Medium, mas tem também o Duo Dark, mais escuro. Abaixo, sugestões da própria Maybelline de como usar o produto.

maybeinstructions

lcrate5


Beijos

17
julho
2016

Testei: Pigmentclar Serum da La Roche-Posay

Postado por Ana em Beleza, Geral

Testei o produto “errado” religiosamente por 13 semanas – o Pigmentclar Serum da La Roche. Mas vou falar mesmo assim o que eu achei.

laroche1

Por mais que eu fale que não vá testar nada de novo pra olheira, eu não resisto quando vejo várias opiniões favoráveis a um produto. Minhas olheiras me incomodam bastante e com a idade só pioram. Conto muito com a evolução da tecnologia médica para a “cura” das olheiras, hahaha. Sério, se surgir algo que funcione, vendo meu carro pra pagar se for preciso. Enquanto isso não acontece, vou experimentando novidades aqui e ali. O produto “da vez” eu usei religiosamente sem falha alguma por 13 semanas e é o Pigmentclar Serum da La Roche Posay. Foi meio erro meu, porque tem o produto semelhante pra região dos olhos, mas comprei aparentemente um pro rosto de forma geral. Usei nas bochechas subindo pras olheiras, tomando cuidado de não entrar em contato com os olhos (uma vez escorreu alguma coisa e MIAUUU). Eu usei (uso) todos os dias à noite e ele é realmente um serum, bem levinho, não adiciona nada de oleosidade.

laroche2

Pode-se usar de manhã também, mas como é daqueles produtos que tem que passar e proteger muito do sol, achei melhor não correr o risco. Enfim, o efeito em mim foi nulo. Zero. Pra pele, pras olheiras, nada nada nada. E olha que avaliei com a maior boa vontade do mundo. E ainda fiquei meio com consciência pesada porque fiquei usando meu creme anti-idade só de manhã por causa dele, né? And I’m not getting any younger! 🙁 Ele rende muito, ainda está cheio, e estou avaliando se jogo fora (realmente me dá consciência pesada de não usar anti-rugas à noite) ou se continuo até esvaziar. Ou se dou uma chance ao homônimo pra região dos olhos, o Pigmentclar olhos. O que vocês acham?

Uma pena. Acho que na próxima visita ao Brasil vou fazer injeção de ácido hialurônico. Meu dermato me disse que se desse algum efeito seria de 5% só e por isso não indicou muito. Mas, três anos depois, estou naquela situação de que todo 5% importa. Enquanto isso, sigo usando protetor solar e óculos escuros, acho que é o melhor que posso fazer contra as olheiras por enquanto. Relembrando, avaliação de produtos por aqui não é pra taxar algo de bom ou de ruim, mas contar como foi a minha experiência com ele. Comprei na Amazon e paguei 29 euros. No Brasil, infelizmente é mais caro e custa 200 dilmas aproximadamente (sim, Dilmas). Agora estou aqui pensando se testo o produto correto!

Beijos guanixíninicos

12
julho
2016

Finalmente testei esmalte em gel

Postado por Ana em Unha

Perguntei pra minha ótima manicure em BH se ela fazia, ela disse que sim e voilà, resolvi testar antes de voltar pra cá. Como esmaltes em gel são bem menos amados no Brasil, pela facilidade de acesso a manicure boa e barata por lá, logo percebi que ela não fazia muito e até ajudei a traduzir as instruções nos rótulos, de ordem de passagem, que estavam meio esquecidos em sua memória. O esmalte tinha a cor muito fraca e precisamos de 3 camadas pra ficar bom, e mesmo assim não ficou forte como o tradicional. O esmalte em gel exige uma competência extra da manicure, porque não tem aquilo de passar removedor nos cantinhos nos cantos. Tem que mirar na unha mesmo e no máximo tirar o excesso com palito na hora. Minha manicure é muito boa e conseguiu um ótimo efeito (apesar da tradicional ficar um pouco mais bonita), não encolheu nem nada e os cantos ficaram bem limpos.

gel1

Fiquei 10 dias com as unhas da mão direita intactas, sendo que sobreviveram à viagem de volta (viagem costuma destruir minhas unhas, sei lá o porquê). Depois disso, alguns pedaços começaram a sair. A mão esquerda continuou 100%, mas daí tive que tirar. Foi um tanto quanto interessante observar o esmalte lindinho ao longo da semana de trabalho, sobrevivendo aos meus banhos quentes, com o brilho inalterado e sem aqueles risquinhos de desgaste. Achei que duraria mais, mas ainda assim cheguei a achar que ia fazer pra sempre o tal do gel. Até ter que tirar… ainda comprei esse removedor dito “forte, próprio pra gel e glitter” na DM, que na verdade contém acetona mesmo.

gelp2

Tem que deixar naquele esquema: embeber um algodãozinho, colocar papel laminado, deixar agir uns 10 minutos. Precisei da ajuda do marido pra colocar na mão direita (pois a esquerda já estava com o papel alumínio e não quis gastar o dobro do tempo). Daí depois você pega a espátula de manicure e tira. Ficou bem soltinho e molinho com o procedimento que descrevi, mas usar a espátula me deixou meio incomodada. No fim das contas, ainda achei meio agressivo. Parecia que ia tirando algumas lamelas da unha, sabe? Deve ser por isso que algumas pessoas ficam com problemas como ondulações depois. Fora que eu fico muito angustiada de ficar 10 minutos sem usar nas mãos. E demora, né? Não é uma coisa que você faz antes de ir pro trabalho.

Decidi então que, no fim das contas, não viraria adepta. Maaaaas que sim, quero fazer vez ou outra. No caso, aqui! Daqui a umas semanas quando tiver com s*co faço por aqui de novo. Descobri que tem um salão no prédio da minha academia e nem tem que marcar horário. Vai ser aliás minha primeira experiência em manicure aqui, quando fizer claro que vou contar como foi!

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 10 de 1246789101112131415