17
setembro
2014

Maré negra capilar

Postado por Ana em Cabelo, Crônicas cosméticas

Se até a Kate já teve seus Bad Hair Days de frizz indomável, quem sou eu para nunca ter esses momentos ruins também, né? Eu estou passando por uma maré negra capilar.

badhair

O problema da queda

Lembram da saga da careca iminente?

  • Quando o cabelo cai
  • Meu arsenal anti-careca
  • Pois então, aquilo era 99% estresse mesmo. As coisas se acalmaram e não estou usando mais nenhum produto contra queda e mesmo assim já voltou ao normal. Só que o volume atual ficou, obviamente, mais minguado ainda. E eu não gostei do efeito que os produtos anti-queda tiveram. Nasceram vários fios “novos”, o que é ótimo. Só que esses fios “novos” enquanto não crescem bastante dão um aspecto bem feio. Dá impressão que tem muito frizz.

    Descolorante & Eu

    Eu concluí (finalmente) que meu cabelo não aguenta descolorante, mesmo com todos os cuidados. Simplesmente não aguenta, os fios são extremamente finos e arrebentam todos, principalmente as pontas. Eu fazia luzes de touca até 2010, daí fiz californianas em 2011 e até janeiro deste ano fazia luzes “blend”. Em meados de 2011 eu estava na minha auto-entitulada plenitude capilar“. Nunca fui tão feliz com a cor dos meus cabelos! E estavam relativamente saudáveis.

    califEm 2011, que saudades! 🙁

    Mas o tempo trouxe danos e eles não passaram impunes ao descolorante. Em janeiro deste ano foi a última vez que mexi na cor, mas fiz os reflexos com tinta por causa da queda. A tinta não dá aos meus cabelos um efeito tão bonito quanto o descolorante, é sim muito mais discreta e a tendência é o meu cabelo ficar com um aspecto mais escuro mesmo. Só ver nas fotos do meu casamento.

    pontasPontas sofridas em 2012 e o cabelo em janeiro, logo antes das últimas luzes (com tinta).

    Durante as 5 semanas que estive em BH, matutei até o final se ia retocar a cor ou se deixava pra lá. Eu obviamente não vou mexer na cor do meu cabelo aqui na Alemanha – o gosto, a experiência, os métodos, são todos diferentes. O que eles acham bonito é diferente do que nós achamos. Decidi aproveitar que ainda quase não tenho fios brancos e deixá-los recuperarem um pouco, tipo um rehab capilar. Como só tem descolorante nas últimas pontas, acho que no próximo corte já me verei livre dele. Eu quero voltar sim a ter o cabelo mais claro, mas por ora não vou fazer nada.

    A ironia do corte:

    Fugindo dos cortes “anos 80” que assombram a Terra da Salsicha, eu deixei para cortar cabelo em BH. Pois ironicamente o cabelereiro fez o proibido no meu cabelo, repicou a frente toda! E deixou o volume menor ainda e super difícil de “domar”.

    chitao

    Sem muito drama, porque vai crescer de novo, daí eu corto. E vou cortar aqui mesmo, não é possível, meu cabelo não é difícil de cortar. Aqui pertinho tem um salão com uma cabelereira que fala 6 idiomas incluindo o português. Pois bem, eu vou falar para ela nos 6 idiomas que não é para repicar na frente e não é pra fazer corte dos anos 80, espero que ela entenda!

    O protetor térmico que não deu certo

    Já que estou fazendo um rehab capilar e não consigo ficar sem dar uma secadinha, estou pelo menos prestando atenção em proteger o cabelo do calor do secador. Então em dezembro passado comprei um protetor térmico “Iron Guard” da CHI, que é uma marca ótima de produtos para cabelo.

    chi

    Eu achei o protetor uma b*sta desde o primeiro uso mas insisti durante pelo menos 50 vezes por confiar na marca e porque odeio desperdício, mesmo de coisa ruim. Ele deixa o meu cabelo duro, difícil de desembaraçar e sem brilho. Daí essa semana o nó que formou no meu cabelo foi tão absurdo e tão grande e tão impossível de desfazer que eu passei a tesoura. Sim, eu cortei uma mecha enorme do meu cabelo. Foi da parte “de dentro” mas eu já tenho pouco, né! Foi a cereja do bolo da maré negra capilar!

    Resumo

    Cabelo com uma cor que não gosto, com um volume que não gosto, com um corte que não gosto. Só fica razoável quando faço babyliss. Estou longe de ficar triste por causa disso, eu sei que é “só cabelo” (aspas, aspas, aspas) minha gente. Mas que é chato, é! E o blog se chama “Linda e Cheirosa”, então provavelmente é para discutir sobre algo muito aquém das idéias de Nietzsche! hahahaha…

    Beijos!

    10
    setembro
    2014

    Testei: Parlux 385 light, “o melhor secador do mundo”

    Postado por Ana em Cabelo

    Especificamente, testei o Parlux 385 Light, Ionic & Ceramic.

    parluxgeral

    Já que nesta terra não gasto com salão de beleza, venho investindo na independência cosmética. E outra, não fico um dia sem secar meu cabelo. Ainda que eu vá ficar dentro de casa, eu não gosto de estar com cabelo molhado. Vinha usando um secador velho pequenino da Braun, destes de viagem, mas que eu acho até bem potente. O Braunzinho tem 1200W, é leve e silencioso. Mas se pode melhorar… #mulheres. A Parlux é uma marca italiana de acessórios para cabelo e sempre ouvi dizer que seus secadores são os melhores do mundo. Como eu sou bem fraquinha e ainda não tenho daqueles braços metálicos para segurar secador, preferi comprar a linha leve, a Parlux 385 Light.

    parlux1

    parluxsize

    Características do produto

    O design é lindo, escolhi o roxo para deixar a penteadeira mais bonita, mas tem váris cores. Dizem que o motor é muito bom e não quebra/queima nunca, por isso a fama. São dois níveis de velocidade de fluxo de ar (azul) e dois níveis de potência (vermelho). Vai de 1800 a 2150 W.

    parluxniveis

    Te falar que 2150W é coisa pra caramba, fica muito quente e se distrair queima a cabeça. Eu só uso tão quente se estiver com muita pressa. Ele seca o cabelo todo muito rápido mesmo! No dia-a-dia prefiro a potência média mesmo. Ele vem com dois bicos – um médio e um pequeno.

    parluxbicos

    Acessórios como difusor (nunca usei) são vendidos à parte.senti falta daquela base pra deixar o secador em pé. Veio sem, achei isso estranho! Ele é relativamente silencioso, mas nada fora deste mundo.

    Há ainda aquele botãozinho que você aperta para jogar ar frio no final. Eu adoro quando tem este botão, pois o ar frio dá um brilho extra e também me mostra se o cabelo está seco mesmo (às vezes “no calor do momento” parece que já secou tudo mas ainda está úmido e só noto quando jogo ar frio). Eu já queimei secador ao passar do quente para o frio, por isso gosto deste botão.

    parluxbutton

    Infelizmente não é bi-volt. O meu é 220-240 V, então se comprar em viagem fique atenta à voltagem! Ah, ele é ecologicamente correto também.

    Leve?

    Eu esperava que fosse meio *tecnologia NASA de leveza*, mas achei normal. Assim, ele é realmente leve pela capacidade que tem, mas não é como se você estivesse segurando “um nada”, sabe? Pesei com o cabo (porque a gente segura o peso do cabo também) e comparei com o meu secadorzinho de viagem.

    parluxpeso

    Preço

    Eu paguei 95 euros na Amazon. Vi que na loja da Parlux online custa R$ 673,55 à vista, o que é 2,5x mais caro. Acho que este preço ele não vale não.

    Veredicto

    Para mim, a compra valeu a pena porque eu estava me virando com secadorzinho de viagem que nem bico mais tinha. E, apesar de ele ser um pouco menos milagroso do que a minha alta expectativa aguardava, ele é o melhor secador que já tive.

    lcrate4

    Quem aí tem algum modelo da Parlux?

    Beijos!

    21
    julho
    2014

    O melhor spray fixador de cabelo que já usei

    Postado por Ana em Cabelo

    Nem sei por que demorei tanto pra dar essa dica aqui, afinal, comprei esse spray em dezembro de 2013. É um spray fixador para cabelo, sobre o qual tinha lido boas resenhas antes de comprar. Existe só um pequeno detalhe: pra mim, ele é perfeito!

    lorealmain

    Se chama L’Oréal Infinium Lumiere Force. Eu comprei o de número 2, então minha opinião se restringe a este, pois não experimentei os outros. Eu uso tanto quando faço escova modelada e quero ficar meio de topete e com volume, quando quanto faço babyliss. Eu tenho feito babyliss de vez em quando aqui, acreditam? Tô pegando a mão, finalmente, haha. Eu uso o spray na franja, quando me dá na telha, também em dias normais, porque não me deixa com cara de Oi, tô de spray.

    Atenção para os diferentes tipos
    Tipo 1 – Flexible Hold
    Tipo 2 – Strong Hold
    Tipo 3 – Extra Strong Hold
    Tipo 4 – Extreme Hold

    Portanto, quanto maior o número, maior o poder de fixação (possivelmente às custas de endurecer mais o cabelo). Achei o 2 equilibrado e, como vocês podem ver, ele foi a *estrela* de algumas semanas de moda por aí!

    Pra mim o tipo 2 já segura super bem, mas às vezes para outros tipos de cabelo, os números mais altos podem ser melhor ainda. Na dúvida, tente achar algum para experimentar antes de comprar.

    Vantagens:

    – Cheiro bom e suave
    – Não tira o brilho, pelo contrário
    – Segura meus cachos/ondas ou “topetes” por horas. E isso é uma proeza no meu cabelo
    Não deixa o cabelo duro igual pedra nem com aspecto oleoso/seboso/molhado
    – Dura bastante! Existe de 300mL e 500mL, comprei o maior! Olha só:

    loreal1

    Já comprei cada lixo de spray fixador nessa vida… E era uma decepção atrás da outra. Uns oleosos demais, outros deixavam o cabelo igual pedra, outros não seguravam nada. Só sei que me encontrei nesse spray, viu? Fica minha dica de amiga para quem também está em busca !

    loreal4 Mantendo deste jeito, pra mim, já está ótimo, não custa lembrar que sou quase careca, hehehe!!

    Onde comprar: No Brasil, já vi pra vender em salões de beleza, dei um google e vi várias lojas online vendendo, infelizmente todas por mais de 100 reais. Aqui na Alemanha compro o de 500mL por aprox. 12 euros, tem na Amazon e já vi vendendo na Müller também. Quem souber de lugares com preço bom no Brasil, por favor compartilhe com as colegas nos comentários! :)))

    lcrate5

    Em 2009/10 eu falava que os produtos bons eram “Produtos L&C”. É meio brega, mas eis aí um produto L&C de novo!!! 🙂

    Beijos!

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Página 6 de 19234567891011