08
fevereiro
2013

Unha de carnaval

Postado por Ana em Unha

Tá que meu carnaval não vai ser dos mais festeiros, mas com certeza vai ser melhor que do ano passado (trabalhei 70 horas em 5 dias kkkk). Isso já é motivo pra comemorar! Então resolvi fazer uma unha mais alegre, até porque estou voltando a gostar de cores (mulher de fases, né). De quebra, é o primeiro azul que uso na vida. É o Quinta, Contagem Regressiva da Avon. E achei tão lindo! Dependendo da luz, fica até meio esverdeado.

P.s: é só comigo ou os esmaltes da AVON duram muito em todo mundo? Enquanto Chanel, OPI, colorama e risqué duram 3, os da Avon duram 7!! Com vocês também?

Beijos e isquindô isquindô!

06
fevereiro
2013

A volta do Ruby laser

Postado por Ana em Geral, Pele

Foram anos e mais anos sem usar protetor solar diariamente. Só quando ia à praia e olhe lá! Uso protetor solar religiosamente desde 2007 mas, claro, minha pele acumulou danos de anos de agressão do sol. Por exemplo, as manchinhas, pintinhas, sardinhas ou como queiram chamar!


Eu 2011 fiz umas sessões de Luz Intensa Pulsada (IPL), inclusive nas olheiras também (postei aqui). Não sei se o resultado foi bom, porque não fiz fotos de “antes”, mas a idéia, segundo o dermatologista, era dar uma “geralzona” mesmo. Só que eu saio mais destruída dessas sessões que a maioria dos ursos, ficava 5 dias parecendo que fui atropelada por um caminhão. Em uma destas ocasiões, foi feito um laser (chamado Ruby Laser) em uma manchinha chata que eu tinha no rosto, e eu relatei aqui o tanto que fiquei maravilhada com o efeito.

O ruby laser não é, em princípio, pra aplicar difusamente no rosto, mas sim para áreas menores. De qualquer forma, eu também conseguia contar as manchinhas que queria “apagar”. Vi se o dermatologista concordava em usar esse tratamento, e ele concordou. Pra variar, o laser não me decepcionou. Alguns dias de aspecto “catapora-like” (uns 5) e depois, tchanan!! Foi tudo embora! Algumas deixam uma lesão mais clara que a pele, mas daqui a um tempinho tá tudo uniforme. Não fiz nada na testa, porque ela não tem manchas, mas nas bochechas caprichei! :laugh: Pra exemplificar, a direita:

Ainda vai uniformizar mais nos próximos meses, mas já fiquei satisfeitíssima!! Quem está insatisfeita com manchinhas, recomendo procurar um dermatologista pra saber qual o melhor tratamento para sua pele … um tratamento deste com profissional qualificado custa, em média, 300 por sessão. A dor é completamente suportável, pelo menos eu acho!

Recomendação do dermato após o laser: “Pronto… agora você vai ficar sem tomar sol por… o resto da sua vida!”. :laugh: É bem isso mesmo!! Minha vontade mesmo era andar por aí de burca.

Beijos!

02
fevereiro
2013

Diário de uma cafeinólatra (parte 4)

Postado por Ana em Coisas da Ana, Crônicas cosméticas, Saúde

Diminuir o consumo de cafeína foi uma resolução para 2012, mas agora em 2013 que surgiu uma luz no fim do túnel! Assim, café mesmo eu já estava bebendo muito pouco, por um motivo bobo: eu só gosto do café que meu pai faz (kkk) então eu só beberico de vez em quando antes de ir trabalhar, o que não dá nem meia xícara por dia e olhe lá. Meu grande desafio mesmo era a tal Coca Zero! Cerca de uma década completamente viciada nesse trem, não conseguia ficar nem 2 dias sem, mesmo me esforçando muito! Como disse nos outros posts, era uma dependência psicológica mesmo, já que viajo e fico tranquila sem. O problema era aqui em casa! Bebia umas 4 latinhas por dia, todo dia, principalmente quando estava maneirando na alimentação (“já que é zero…“).

muuuuuito tempo já sabia que a Coca Zero, apesar de não ter caloria, é uma bebida extremamente vazia e não saudável. Ela tem alguns elementos suspeitos de ser cancerígenos (nos EUA foram obrigados a mudar a fórmula, aqui não). E, o que mais me preocupa é o ácido fosfórico, que basicamente faz com que o corpo perca muito cálcio. Sendo assim, ela é um veneno para dentes e ossos. O que é OK se você toma de vez em quando, mas do jeito que eu consumia era um perigo! A questão é que, por mais que eu soubesse, não introjetava essa sensação de “estou com um hábito ruim”. Até Dezembro. Eu não sei o que houve em dezembro, mas peguei asco de Coca Cola. Comecei a realmente sentir que cada latinha estava envenenando meu corpo. Difícil explicar o que aconteceu! Mas com a ajuda do meu pai, nunca mais colocamos Coca-Cola aqui em casa, e já estou há quase 2 meses sem beber. E sem nem sentir falta…! Espero que o efeito não tenha sido tão terrível pra mim e que meu corpo “esqueça logo” essa fase negra. :laugh:

Eu gosto muito de ler sobre Life Hack e, no que diz respeito aos hábitos, há várias correntes. Alguns acham que você só adquire (ou perde) um hábito após um mês, outros defendem a hipótese dos três meses. Pra mim, acho que três meses é o período mais adequado. É quando devemos manter a vigilância alta pra não voltar à estaca zero. Isso vale pra dieta, academia, estudos, cigarro… Por isso ainda estou muito atenta, apesar de confiante que consegui meu objetivo!! Confirmo para vocês em alguns meses.

Talvez no futuro eu me permita uma Coca Zero social, mas agora não! 🙂

[parte 1] [parte 2] [parte 3]

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 2 de 212